Página Inicial


Foto: Antoninho Perri
 

Engenheiro físico atua em áreas de grande impacto tecnológico
Período: diurno em período integral
Ingresso através do Curso 51
Vagas: 15
Integralização: 10 semestres
 
Unidade:
IFGW - Instituto de Física “Gleb Wataghin”
www.ifi.unicamp.br
secgrad@ifi.unicamp.br
Tel: (19) 3521.5303
 

Engenharia Física

Engenharia multidisciplinar com sólida formação científica e tecnológica

Este novo curso de graduação em Engenharia da Unicamp objetiva a formação de um profissional generalista, com sólida base científica e tecnológica, principalmente nas áreas relacionadas com as ciências exatas, preparado para aplicar os conhecimentos básicos adquiridos na investigação de problemas tecnológicos, através do uso de uma estratégia multidisciplinar. Por sua formação multidisciplinar, o engenheiro egresso possuirá ambas as visões, do cientista e do engenheiro, estando apto à pesquisa, ao desenvolvimento e ao apoio tecnológico. Com isto, deverá ser capaz de introduzir e desenvolver, em um contexto empresarial, novos processos e produtos de alto valor agregado. Também deverá estar preparado para localizar e solucionar problemas em diversas áreas em busca do desenvolvimento da sociedade moderna, particularmente naquelas de grande impacto tecnológico e que requerem conhecimento atualizado de ciência contemporânea, como nas áreas de estado sólido, eletromagnetismo, ciências dos materiais, computação, robótica, eletrônica básica e avançada, optoeletrônica, telecomunicações, criogenia, vácuo, automação de equipamentos, entre outras.

A engenharia física existe há mais de 40 anos em excelentes universidades ao redor do mundo e os engenheiros egressos possuem tradicionalmente excelente empregabilidade em diversas áreas do mercado de trabalho, como na indústria, em empresas de tecnologia, centros de pesquisas, instituições financeiras, etc. No Brasil, é uma carreira emergente que vem ao encontro de uma demanda crescente desse tipo de profissional multiespecialista que possa atuar na fronteira entre a pesquisa e a indústria, em áreas estratégicas do desenvolvimento sustentável do país.

O curso de Engenharia Física da Unicamp conta com a participação de várias Unidades da Unicamp: o Instituto de Física “Gleb “Wataghin” (IFGW), a Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), a Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC), o Instituto de Computação (IC), o Instituto de Matemática Estatística e Computação Científica (IMECC), o Instituto de Biologia (IB), o Instituto de Economia (IE) e o Instituto de Química (IQ). O aluno terá, portanto, disciplinas oferecidas nestas diferentes Unidades da Unicamp, todas de excelência reconhecida, tendo a oportunidade de interagir com docentes e discentes de todas elas. O catálogo de disciplinas da Engenharia Física foi elaborado de forma a oferecer esta formação generalista, mas mantendo o foco do curso, de modo que todas as disciplinas necessárias para a formação completa de um engenheiro foram mantidas.

O curso de Engenharia Física é ministrado em período integral e pode ser integralizado em cinco anos. Possui disciplinas de formação básica nos primeiros semestres e disciplinas específicas profissionalizantes nos semestres avançados. Também tem um amplo leque de disciplinas eletivas (optativas), nas quais o aluno poderá ter conhecimento mais aprofundado em determinadas áreas de seu interesse. O curso é também rico em disciplinas práticas, onde o aluno poderá aprender através de experimentos e projetos desenvolvidos por ele mesmo em laboratórios básicos e avançados. Além do aprendizado em sala de aula e laboratórios, o aluno poderá expandir sua formação participando dos diversos programas extracurriculares como iniciação científica, intercâmbio e estágios.

Ingresso

Para cursar Engenharia Física na Unicamp, os candidatos devem optar no momento da inscrição no vestibular pelo curso de ingresso comum para: Engenharia Física, Física, Matemática e Matemática Aplicada e Computacional, o chamado Curso 51. No terceiro semestre é que esses alunos devem escolher entre um dos cursos citados. O curso de Engenharia Física oferece 15 vagas, sendo cinco vagas para a ênfase em Optoeletrônica e dez vagas para a ênfase em Produção Tecnológica. Se o número de interessados em cursar Engenharia Física for maior que 15, os 15 alunos que ingressarão no curso naquela oportunidade serão selecionados por critério acadêmico que levará em conta o desempenho acadêmico do aluno nas disciplinas obrigatórias dos três (3) primeiros semestres do curso 51 (curso de ingresso no vestibular) e o Coeficiente de Progressão (CP), considerando-se as disciplinas do Currículo Pleno do curso de Engenharia Física.

     

 

   Você está em: Página inicial: Cursos: Engenharia Física
Dúvidas & Fale conosco