Proposta do curso integra áreas que se complementam

Formação de professores críticos e reflexivos

 

O curso de Licenciatura Integrada em Química e Física é pioneiro no Brasil e inovador na articulação de três campos de conhecimento: a educação, a química e a física. A proposta do curso contempla uma tendência atual na educação, que é a integração de conhecimentos de áreas que se complementam. Apesar de apresentarem formas distintas de abordar seus problemas, a química e a física possuem uma série de elementos comuns.

Voltada especificamente para a formação de professores, a dinâmica curricular do curso integra tanto os conteúdos dos campos da física e da química quanto da educação, englobando conhecimentos relacionados às ciências humanas e procurando formar integralmente o futuro professor para a compreensão da realidade escolar e o exercício responsável da docência. Para tanto, o curso alia os conteúdos específicos das três áreas, com destaque para as políticas públicas para a educação, a construção do conhecimento educacional e a realidade educacional brasileira.

Essa formação qualifica os estudantes para atuar em instituições educativas, escolares e não escolares, tanto no âmbito do ensino, como professor da educação básica, quanto em outras dimensões do trabalho educacional. Faz parte dessa formação profissional a experiência investigativa bem como de reflexão acerca de aspectos políticos e culturais da ação educativa.

O curso de Licenciatura Integrada em Química e Física é ministrado em período noturno, sob responsabilidade da Faculdade de Educação e corresponsabilidade dos Institutos de Química e Física.

Muito além das disciplinas

A montagem do curso, pelas três unidades envolvidas, buscou integrar o tempo de estudo dos conhecimentos necessários para a atuação docente em física e química com a possibilidade de vivência no ambiente universitário. O objetivo foi possibilitar ao aluno realizar atividades como pesquisas em bibliotecas, desenvolvimento de trabalhos para as disciplinas, monitorias, uso dos recursos de informática, participação nos programas de iniciação científica, assim como participar de todo o conjunto de atividades científico-culturais promovidas na Unicamp.

Um curso, duas modalidades

Nos seis primeiros semestres do curso, considerados básicos, são ministradas disciplinas dos campos da física, da química e da educação. É um período que permite ao estudante ter um maior contato com química e a física, e com as questões que envolvem o magistério de tais disciplinas, de forma a auxiliá-lo em sua opção por uma das modalidades do curso (licenciatura em Química ou licenciatura em Física), o que ocorre ao final do sexto semestre. Se o aluno desejar, poderá licenciar-se na segunda modalidade após o término da primeira. Nesse caso, deverá concluir as disciplinas correspondentes à segunda modalidade.

Além da parte comum do currículo, aqueles que optarem pela licenciatura em Física terão disciplinas que abordam as seguintes temáticas: mecânica clássica, mecânica quântica, termodinâmica, eletromagnetismo, óptica, física atômica e molecular, física nuclear e física da matéria condensada. Já no currículo da licenciatura em Química as disciplinas colocam o aluno em contato com os conhecimentos da química inorgânica, química orgânica, química analítica, físico-química e bioquímica.

Em ambas as licenciaturas o conjunto das disciplinas engloba o estudo teórico e um conjunto de atividades práticas, sendo que algumas delas abordam os conteúdos específicos em situações de ensino. Após a conclusão do curso, o profissional, além de habilitado a lecionar no ensino médio, poderá também seguir a carreira acadêmica, com ingresso na pós-graduação e na docência universitária.

 

 

 

 

Relação cand/vagas
1ª fase – 4,7
2ª fase – 3,7

 

Veja também as opções:
Química Integral
Química Tecnológica Noturno

 

 

 

Vida Acadêmica

 

 

 

 



Galeria de imagens
FACULDADE DE EDUCAÇÃO