01/04/2016 / Em: Clipping

 


Funcionários e alunos da USP param atividades por direitos e cotas   (Globo. Com – G1 Vestibular – 31/03/16)

O Sindicato dos Trabalhadores da Universidade de São Paulo (USP), com apoio dos estudantes, realiza nesta quinta-feira (31) uma paralisação geral na universidade. Contra o protesto, a universidade bloqueou a Rua da Reitoria com um caminhão-pipa e outros veículos para evitar a aproximação do carro de som dos manifestantes do prédio da administração. Em nota ao G1, a assessoria de imprensa da USP disse que a “paralisação não afeta as atividades acadêmicas da Universidade e impacta apenas de 5% das atividades administrativas”. Na pauta aprovada pelo sindicato, as reivindicações principais são cotas sociais para ingresso na USP, iniciativas de permanência estudantil, bolsas de estudo e mellhorias nas condições para trabalhadores e alunos.

Prouni tem 31,5% de vagas ociosas em 11 anos de programa   (Globo.Com – G1 Vestibular – 31/03/16)

O Programa Universidade para Todos (Prouni) acumula, em seus 11 anos de atividade, mais de 805 mil bolsas que não foram preenchidas. Ao todo, a ociosidade no Prouni foi de 31,5% entre 2005 e 2015. Os dados referentes à edição deste primeiro semestre não foram consolidados: o Ministério da Educação (MEC) recebe até esta quinta-feira (31) inscrições para vagas remanescentes. O Prouni oferece bolsas parciais ou integrais em universidades particulares para estudantes de baixa renda. Elas são bancadas pelo governo por meio de renúncia fiscal de tributos (IRPJ, CSLL, PIS e Cofins) que seriam ser pagos pelas universidades participantes do programa. Desde o lançamento, 1.749.899 estudantes foram beneficiados e 2.555.264 vagas foram oferecidas.