05/10/2009 / Em: Clipping

 


Unicamp encerra nesta terça as inscrições para o Vestibular 2010  (EPTV – Virando Bixo – 05/10/09)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) encerra nesta terça (6) as inscrições para o Vestibular 2010, que devem ser efetuadas no site www.comvest.unicamp.br. A taxa é de R$ 115. São oferecidas 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto). O Kit do Vestibulando (Manual do Candidato e Revista do Vestibulando) está disponível na página eletrônica da Comvest e é gratuito. Os candidatos precisarão levar duas fotos recentes (ano de 2009), datadas e coloridas, no dia da prova da primeira fase. Quem não cumprir a determinação não poderá fazer a prova.Para este vestibular, foram incluídos mais dois grupos de cursos que serão considerados como opções associadas na hora da classificação dos candidatos: os quatro cursos na área de Gestão (Agronegócio, Comércio Internacional, Empresas e Políticas Públicas) e Engenharia de Produção e Engenharia de Manufatura. Outra novidade é o aumento de vagas no curso de Física (noturno), que passa de 30 para 40. A primeira fase acontece no dia 15 de novembro, com uma prova que inclui a Redação e 12 questões gerais dissertativas: Matemática, Física, Química, Biologia, História e Geografia. No dia 16 de dezembro, será divulgada a lista dos que passaram para a segunda fase e os locais de prova. A segunda fase será realizada de 10 a 13 de janeiro, com oito provas dissertativas (duas por dia): Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, Ciências Biológicas, Química, História, Física, Geografia, Matemática e Inglês. As provas de aptidão, para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais, Dança e Música acontecem em Campinas entre os dias 18 e 21 de janeiro. A primeira chamada será divulgada no dia 4 de fevereiro e a matrícula dos convocados deve ser feita no dia 9 de fevereiro.



Inscrições vão até amanhã na Unicamp (Correio Popular – Cidades – 05/10/09)

Os vestibulandos têm até amanhã (6) para se inscrever no Vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O formulário de inscrição está disponível em www.comvest.unicamp.br. A taxa é de R$ 115,00 e também deve ser paga até amanhã. Em virtude das greves dos bancários, a Unicamp reforça que o pagamento também pode ser feito nas casas lotéricas e nas agências dos Correios. Estarão em disputa no vestibular deste ano, 3.444 vagas, em 66 cursos da Unicamp e dois da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). A prova da primeira fase ocorre no 15 de novembro. De 10 a 13 de janeiro, serão realizadas as provas da segunda etapa. Como o cancelamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que pode valer até 20% da nota da primeira fase na Unicamp, a universidade vai aplicar o que está previsto em seu edital de vestibular. O documento determina que, se as notas do Enem não estiverem disponíveis até 30 de novembro de 2009, os resultados não serão utilizados para a composição da nota do vestibular.

Nova data do Enem sai na quarta  (Correio Popular  – Cidades – 05/10/09)

O Ministério da Educação define hoje, em reunião com os reitores das universidades e instituições federais, a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), adiado por causa do vazamento da prova. A nova data só será anunciada oficialmente na quarta-feira. O mais viável para o MEC seria um fim de semana na segunda quinzena de novembro. O ministro Fernando Haddad informou ontem que vai propor o adiamento do vestibular de algumas universidades para evitar a coincidência de datas e permitir que a nota do Enem seja usada como critério de admissão, sem prejuízo aos alunos.  Mas se a fórmula for rejeitada, o MEC pode realizar o exame em dois dias úteis, que seriam transformados em feriado escolar excepcional. “As questões a serem discutidas com os reitores são exatamente essas”, disse Haddad, em entrevista. “Estamos apurando todo o calendário de vestibulares e outros concursos, como o do IBGE, para compatibilizar as datas”, enfatizou. A reunião começa de hoje, sem previsão para terminar e dela participará uma comissão representativa dos reitores de 55 universidades, 31 instituições federais e secretários de educação dos estados. Paralelamente, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão que coordena o Enem, reúne-se com o Consórcio Connasel, responsável pela aplicação do exame, inclusive a logística de impressão, distribuição e segurança. O ministro admitiu que o contrato pode ser rompido, devido não só ao vazamento da prova, mas também a outras falhas de segurança detectadas, para as quais a empresa terá de dar explicações. A reunião, segundo Haddad, “será conclusiva” para a manutenção ou não do contrato, que pode ser rompido total ou parcialmente. Mas ele ponderou que há “questões legais” a serem examinadas e informou que pediu parecer da Advocacia e da Controlaria Geral da União (CGU) sobre o caso. O MEC tem à sua disposição um cardápio de opções para as diversas situações. No caso de ruptura parcial, o Inep desenhou um cenário em que o consórcio ficaria encarregado apenas da aplicação da prova na ponta, mas cederia a impressão e distribuição para o próprio MEC, que realizaria a tarefa com auxílio da Empresa de Correios e Telégrafos (ECT), do Exército e da Força Nacional de Segurança Pública e outras estatais. O calendário oficial do novo Enem será divulgado oficialmente só na quarta-feira, porque Haddad informou que precisa antes conversar com o ministro da Justiça, Tarso Genro, em reunião marcada para esta terça. Ele vai pedir a participação da inteligência da PF na supervisão do esquema de segurança montado e na correção dos pontos frágeis detectados. “Todo o mapeamento do novo Enem e os cenários que discutimos serão submetidos ao ministro Tarso e à inteligência da PF”, disse ele. O MEC precisa correr contra o tempo para resolver todas as questões relacionadas à impressão de 4,1 milhões de provas, a logística de distribuição e a segurança do Enem em todos os pontos do processo, inclusive a remoção das fragilidades que levaram ao adiamento do exame, observou o ministro. O novo modelo da prova já está pronto, inclusive a opção de reserva, que ficará guardada no cofre do Inep em Brasília.



Inscrição para Unicamp termina nesta terça-feira  (Cosmo On Line – Educação – 04/10/09)

Os vestibulandos têm até a próxima terça-feira (06/10) para se inscrever no Vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). O formulário de inscrição está disponível em www.comvest.unicamp.br. A taxa é de R$ 115,00 e também deve ser paga até terça. Em virtude das greves dos bancários, a Unicamp reforça que o pagamento também pode ser feito nas casas lotéricas e nas agências dos Correios. Estarão em disputa no vestibular deste ano, 3.444 vagas, em 66 cursos da Unicamp e dois da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).  A prova da primeira fase ocorre no 15 de novembro. De 10 a 13 de janeiro, serão realizadas as provas da segunda etapa. Como o cancelamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que pode valer até 20% da nota da primeira fase na Unicamp, a universidade vai aplicar o que está previsto em seu edital de vestibular. O documento determina que, se as notas do Enem não estiverem disponíveis até 30 de novembro de 2009, os resultados não serão utilizados para a composição da nota do vestibular.



O vazamento da prova do Enem  (O Estado de S.Paulo – Opinião – 03/10/09)

Com a divulgação pelo jornal O Estado de S. Paulo do vazamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) que seria realizada neste fim de semana por mais de 4,1 milhões de alunos em 1.826 cidades, o Ministério da Educação (MEC) adotou a única decisão cabível: cancelou a realização das provas. E, apesar de o ministro Fernando Haddad ter anunciado que o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais (Inep) – o órgão responsável pelo Enem – irá trocar a prova viciada por uma prova substitutiva previamente elaborada, prometendo aplicá-la dentro de 45 dias, especialistas afirmam que, em face das gritantes falhas no esquema de segurança do MEC, a nova versão também poderia estar comprometida. Os repórteres Renata Cafardo e Sérgio Pompeu tiveram acesso à prova do Enem no começo da noite da última quarta-feira. E, depois de examinarem cuidadosamente a parte relativa a linguagens e códigos, principalmente as questões que envolviam personagens de tiras de conhecidas histórias em quadrinhos, como Mafalda e o gato Garfield, versos de Gonçalves Dias e de Carlos Drummond de Andrade e o filme Touro Indomável, de Martin Scorsese, levaram os fatos delituosos ao conhecimento do ministro Haddad. Na madrugada da quinta-feira, o ministro e o presidente do Inep, Reynaldo Fernandes, reconheceram oficialmente o vazamento, cancelaram a realização da aprova e pediram à Polícia Federal a imediata abertura de inquérito criminal.



Unicamp recebe inscrições para o vestibular 2010 até amanhã  (Folha Online – Educação – 05/10/09)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) recebe até esta terça-feira (6) as inscrições para o vestibular 2010 da instituição. Os interessados deverão preencher a ficha de inscrição pela internet.  Além do preenchimento da ficha de inscrição, os interessados em um dos 66 cursos oferecidos pela universidade também têm até amanhã para pagar a quantia de R$ 115. No ano passado, 49.322 candidatos se inscreveram para concorrer a uma das 3.444 vagas oferecidas. A primeira fase do vestibular 2010 da Unicamp acontece no dia 15 de novembro, com uma prova dissertativa e redação. No dia 16 de dezembro, o resultado da primeira fase é divulgado. A segunda fase acontece dos dias 10 a 13 de janeiro de 2010, com oito provas dissertativas. A primeira chamada será divulgada dia 4 de fevereiro e a matrícula dos convocados em primeira chamada deve ser feita no dia 9 do mesmo mês.



Unicamp encerra nesta terça prazo de inscrição no vestibular  (Terra – Educação – 05/10/09)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp, Comvest, encerra nesta terça-feira as inscrições para o Vestibular Nacional Unicamp 2010. As inscrições são feitas exclusivamente pela internet e o formulário de inscrição está disponível em www.comvest.unicamp.br.  A taxa é de 115 reais e também precisa ser paga até dia 6 de outubro, para que a inscrição seja efetivada. Caso haja dificuldade para pagar a taxa em agências bancárias, os candidatos podem efetuar o pagamento em casas lotéricas, nas agências dos Correios, nos terminais de autoatendimento ou pelo internet banking. O vestibular 2010 oferece 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto). O Kit do Vestibulando (Manual do Candidato e Revista do Vestibulando) está disponível na página eletrônica da Comvest e é gratuito.  A primeira fase acontece no dia 15 de novembro de 2009 com uma prova que inclui a Redação e 12 questões gerais dissertativas. Dia 16 de dezembro a Comvest divulga a lista dos que passaram para a segunda fase e os locais de prova. A segunda fase será realizada de 10 a 13 de janeiro de 2010, com oito provas dissertativas. As provas de aptidão, para os cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais, Dança e Música acontecem em Campinas entre os dias 18 a 21 de janeiro. A primeira chamada será divulgada dia 04 de fevereiro e a matrícula dos convocados em primeira chamada deve ser feita dia 09 de fevereiro.



Unicamp recebe inscrição para o vestibular até esta terça-feira (Globo.Com – G1 Vestibular – 05/10/09)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) recebe até esta terça-feira (6) as inscrições para o vestibular 2010. Os candidatos devem preencher o formulário de inscrição, que está disponível em www.comvest.unicamp.br. Para que a inscrição seja efetivada, a taxa de R$ 115 precisa ser paga também só até esta terça (6). Caso haja dificuldade para pagar a taxa em agências bancárias, os candidatos podem fazer o pagamento em casas lotéricas, nas agências dos Correios, nos terminais de autoatendimento ou pelo internet banking. São oferecidas 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). O Kit do Vestibulando (Manual do Candidato e Revista do Vestibulando) está disponível no site da Comvest e é gratuito. Após o pagamento da taxa de inscrição, os candidatos deverão obrigatoriamente consultar sua situação na página da Comvest, para assegurar que não houve nenhum problema. A confirmação da inscrição estará disponível para consulta a partir de três dias úteis após o pagamento da taxa. Após o pagamento da taxa de inscrição, os candidatos somente poderão fazer alterações nos dados fornecidos até 3 dias após o término do período de inscrições. No caso dos candidatos isentos, qualquer alteração poderá ser feita por meio do preenchimento de novo formulário de inscrição e o prazo para alteração equivale ao último dia de inscrição no Vestibular.