10/02/2010 / Em: Clipping

 


Unicamp: Consulta à segunda chamada do vestibular 2010 está online  (UOL – Vestibular – 09/02/10)

A Comvest, responsável pelo vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), liberou, nesta terça-feira (9), a segunda chamada do vestibular 2010, com 1.522 aprovados. Confira: As notas dos vestibulandos e a classificação em que se encontram em cada opção de curso feita foi divulgada ontem (8). A consulta a estas informações é importante para que o candidato tenha uma idéia da possibilidade de convocação.



Unicamp anuncia aprovados na segunda chamada  (Universia Brasil – Últimas do Vestibular – 09/02/10)

A Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) divulgou na tarde desta terça-feira, 9 de fevereiro, a relação dos candidatos convocados na segunda chamada do vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Ao todo, 1.522 estudantes foram aprovados nessa segunda lista. Eles devem fazer a matrícula no dia 12 de fevereiro, das 9h às 12h, nas unidades da Faculdade de Odontologia (FOP), em Piracicaba, Faculdade de Tecnologia, em Limeira, na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), em Limeira, ou nas Unidades de Ensino, no campus da Unicamp em Campinas.



Unicamp divulga segunda chamada do vestibular 2010  (Terra – Vestibular – 09/02/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta terça-feira, 9 de fevereiro, a segunda lista de aprovados no vestibular 2010. Veja aqui os aprovados na segunda chamada. A matrícula dos convocados em 2ª chamada deverá ser realizada na sexta-feira, 12 de fevereiro, nos respectivos campi. Na Faculdade de Odontologia (FOP), em Piracicaba. Na Faculdade de Tecnologia, em Limeira. Na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), em Limeira.



Unicamp divulga lista de aprovados em 2ª chamada  (IG – Educação – 09/02/10)

A Unicamp liberou nesta terça-feira a segunda chamada de convocação de aprovados em seu vestibular 2010. A nova lista contém 1.522 nomes, referentes a vagas que não foram ocupadas na primeira leva de matrículas, encerrada ao meio-dia desta terça. Os convocados nesta lista devem fazer a matrícula no próximo dia 12, das 9h ao meio-dia, nos campi dos cursos escolhidos.



Unicamp divulga os aprovados em segunda chamada no vestibular  (Globo.Com – G1 Vestibular – 09/02/10)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta terça-feira (9) a lista com os  1.522 aprovados em segunda chamada no vestibular 2010. A matrícula dos convocados deverá ser feita no dia 12 de fevereiro, das 9h às 12h.  A terceira chamada será divulgada na própria sexta-feira.


*
Veteranos recebem bem os calouros 2010 da Unicamp  (Cosmo On Line – Educação – 10/02/10)

Depois de um dia com a cidade cheia de calouros pedindo dinheiro nos semáforos, exagerando na bebida e expostos pelos veteranos ao calor da última segunda-feira, quando começaram as aulas da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), quem fez matrícula ontem (09/02) na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) encontrou um clima bem diferente: alunos veteranos davam informações aos “bixos”, ninguém era obrigado a pedir dinheiro e não se via bebida alcoólica pelas ruas nos arredores da instituição. No máximo, as tradições cabeças raspadas e pinturas no corpo indicavam que se tratava de uma recepção. Muitos calouros desfilavam pelas ruas do campi coloridos dos pés à cabeça. Pais acompanhavam os filhos e registravam o momento com fotos. Era uma forma de dizer que, apesar do vestibular concorrido, eles tinham conquistado a vaga. A normalidade predominava, o trânsito fluiu bem e a chegada em cada uma das faculdades do campus foi tranquila. Não era difícil encontrar uma vaga para estacionar o carro. Segundo a assessoria de comunicação da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), não foram registrados problemas durante o primeiro dia de matrículas.

Aluna nota 10 escolhe Unicamp para medicina  (Cosmo On Line – Educação – 10/02/10)

Um colegial bem feito e empenho no cursinho. Esta foi a fórmula do sucesso de Bárbara Ferrarezi, de 18 anos, aprovada no vestibular de quatro instituições públicas para cursar medicina. A jovem matriculou-se ontem de manhã na Unicamp. Ela nasceu em Bocaina, na região de Jaú, mas foi criada em Campinas, para onde seus pais mudaram em busca de uma vida melhor. O pai, João Ferrarezi, é taxista e sua mãe, Beatriz Ferrarezi, é dona de uma banca de doces que se tornou tradicional na Avenida Júlio de Mesquita, no bairro Cambuí. Aluna dedicada, Bárbara estudou todo o Ensino Fundamental na rede pública e, com o esforço dos pais, foi matriculada em uma escola particular para cursar o colegial e se preparar para as provas do concorrido vestibular.

Unicamp divulga nomes dos aprovados em 2ª chamada  (Cosmo On Line – Educação – 10/02/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está divulgando os nomes dos 1.522 aprovados em segunda chamada no Vestibular 2010. A lista está disponível no saguão do Ciclo Básico II da Unicamp e na página www.comvest.unicamp.br. Todos os convocados devem fazer matrícula no dia 12 de fevereiro, das 9h às 12h, nos respectivos campi: na Faculdade de Odontologia (FOP), em Piracicaba. Na Faculdade de Tecnologia, em Limeira. Na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), em Limeira e nas Unidades de Ensino, no campus da Unicamp em Campinas.



PUC vai investigar bebida em trote  (Correio Popular – Cidades – 10/02/10)

Estudantes da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) flagrados anteontem pela reportagem do

Grupo RAC ao promover trote na Avenida Francisco Glicério, próximo à Avenida Moraes Salles, no Centro, podem sofrer punições que vão de advertência a expulsão, dependendo do resultado da investigação interna da universidade. Fotos mostram veteranos forçando calouros a ingerir bebidas alcoólicas e obrigando-os a pedir dinheiro em semáforos. Quem se recusava a participar era humilhado. A universidade também orienta os alunos que se sentirem lesados a recorrer ao Fone Trote, um canal aberto para denúncias. Segundo a universidade, a identidade e o curso dos estudantes veteranos que participaram do trote está em apuração. Não há prazo para o término da investigação, feita por um comitê multidisciplinar, mas isso deverá ocorrer o mais rápido possível, de acordo com a assessoria de imprensa da PUC-Campinas. Entre agosto e setembro do ano passado, a universidade promoveu palestras para alertar os alunos sobre as implicações do trote violento. Uma resolução normativa da PUC-Campinas, criada em 2005, proíbe qualquer tipo de trote “que possa provocar situações constrangedoras”. O debate aberto, no entanto, não foi suficiente para coibir brincadeiras que colocam os estudantes em risco. Anteontem, jovens visivelmente embriagados tentavam circular entre os carros no meio da Avenida Francisco Glicério. Além de várias ações, que incluem apresentação da faculdade aos calouros nesta semana e ações solidárias no início das aulas dos veteranos, a partir do dia 22, a PUC-Campinas lançou um serviço de telefone para denúncias, o Fone Trote. Criado no ano passado para agilizar as denúncias, os números de atendimento do Fone Trote entraram em funcionamento anteontem e estarão disponíveis de segunda a sexta-feira, das 8h às 22h. De acordo com a assessoria de imprensa da universidade, casos denunciados no momento da ocorrência dentro dos campi são direcionados à equipe de segurança, que poderá resolver a situação na hora. Outros casos ocorridos nas dependências das faculdades serão apurados com o uso de informações armazenadas no sistema de segurança. Já trotes violentos que acontecerem fora da universidade serão investigados pela comissão interna e serão direcionados à Polícia Militar (PM).

Unicamp

Quem fez matrícula ontem na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) encontrou um clima bem diferente: alunos veteranos davam informações aos “bixos”, ninguém era obrigado a pedir dinheiro e não se via bebida alcoólica pelas ruas nos arredores da instituição. No máximo, as tradicionais cabeças raspadas e pinturas no corpo indicavam que se tratava de uma recepção. Muitos calouros desfilavam pelas ruas do campi coloridos dos pés à cabeça. Pais acompanhavam os filhos e registravam o momento com fotos. Era uma forma de dizer que, apesar do vestibular concorrido, eles tinham conquistado a vaga. A normalidade predominou, o trânsito fluiu bem e a chegada em cada uma das faculdades do campus foi tranquila. Não era difícil encontrar uma vaga para estacionar o carro. Segundo a assessoria de Comunicação da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), não foram registrados problemas durante o primeiro dia de matrículas dos 3.444 aprovados em primeira chamada no vestibular. Os procedimentos de entrega de documentação e declaração de interesse pela vaga foram realizados por ordem de chegada, divididos nos próprios centros da instituição de ensino. Os calouros eram recebidos por fiscais e veteranos, que passavam informações e indicavam o local onde a matrícula deveria ser feita.

Família

A estudante Alice Pádua, de 18 anos, aprovada no curso de estatística, acompanhada pelo pai, contou que tudo correu bem. “Tem tinta em minha orelha, mas estou legal, faz parte da tradição”, disse. Alice estava toda pintada, mas ao invés de estar incomodada com o fato, o que se via era um imenso sorriso de felicidade pela aprovação no vestibular. O estudante Guilherme Pissoli, aluno do 4º ano do curso de engenharia mecânica, está envolvido com a iniciativa estudantil “Trote da Cidadania Pelo Consumo Consciente”, que, com o respaldo da Unicamp, tem como objetivo recepcionar e integrar os calouros e mostrar a eles atitudes responsáveis de consumo e respeito com a sociedade. “Programamos para a primeira semana de aulas uma série de atividades para receber os calouros. Logo no primeiro dia, vamos distribuir canecas para diminuir o consumo de copos descartáveis nos restaurantes da universidade”, contou. Nos dias seguintes, já está programado um roteiro com atividades que incluem palestras e rodas de discussão com temas pertinentes ao meio ambiente e ao consumo consciente. “Vamos visitar instituições aqui de Barão Geraldo e ensinar a construir lixos com garrafas pet, por exemplo. Vamos também, dar um passeio até o Ceasa e mostrar métodos para reaproveitamento de alimentos. Nosso objetivo é recepcionar os calouros e mostrar para eles algumas atitudes responsáveis para com a sociedade”, explicou Pissoli.

ONDE DENUNCIAR – Números disponíveis para comunicar abusos


Fone Trote – PUC-Campinas

Centro de Ciências Exatas Ambientais e de Tecnologias (Ceatec) – (19) 3343-7314

Centro de Economia e Administração (CEA) – (19) 3343-7316

Centro de Ciências da Vida (CCV) – (19) 3343-6919

Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA) – (19) 3343-7686

Centro de Linguagem e Comunicação (CLC) – (19) 3343-7193



Unicamp

(19) 3521-7007

Unicamp divulga a lista da 2ª chamada

A Comvest divulgou ontem a lista dos 1.522 aprovados em segunda chamada no vestibular da Unicamp. Os nomes podem ser consultados no saguão do Ciclo Básico II da Unicamp e na internet

(www.comvest.unicamp.br). Os convocados devem fazer matrícula na próxima sexta-feira, das 9h às 12h, nos respectivos campi dos cursos, em Piracicaba, Limeira ou Campinas. As matrículas dos convocados para os cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) poderão ser realizadas em Campinas ou na sede, em São José do Rio Preto. Como este ano a lista de espera será divulgada apenas com a nona chamada, a Comvest orienta os candidatos que ainda não tiverem sido convocados a ficar atentos à divulgação das próximas listas. Estão previstas 11 no total. A terceira chamada será divulgada na sexta-feira até a meia-noite. Os candidatos matriculados nas três primeiras chamadas, inclusive os que aguardam remanejamento, deverão obrigatoriamente fazer a confirmação de matrícula nos respectivos campi no dia 25 deste mês, das 9h às 16h. A não confirmação acarretará o cancelamento da matrícula na opção em que estiver matriculado e a perda definitiva da vaga.

Aluna nota 10 passa em quatro públicas para medicina

Filha de taxista e de dona de banca de doces, campineira atribui resultado à dedicação aos estudos e apoio dos pais

Um colegial bem feito e empenho no cursinho. Esta foi a fórmula do sucesso de Bárbara Ferrarezi, de 18 anos, aprovada no vestibular de quatro instituições públicas para cursar medicina. A jovem matriculou-se ontem de manhã na Unicamp. Ela nasceu em Bocaina, na região de Jaú, porém, quando seus pais já moravam em Campinas, para onde se mudaram em busca de uma vida melhor. O pai, João Ferrarezi, é taxista e sua mãe, Beatriz Ferrarezi, é dona de uma banca de doces que se tornou tradicional na Avenida Júlio de Mesquita, no bairro Cambuí.  Aluna dedicada, Bárbara estudou todo o Ensino Fundamental na rede pública e, com esforço dos pais, foi matriculada em uma escola particular para cursar o colegial e se preparar para as provas do concorrido vestibular. Ela, que sempre ajudou sua mãe na venda de doces, no último ano, em razão dos estudos para as provas, passava na banca só de segunda, quarta e sexta-feira, no horário do almoço, para dar uma forcinha para Dona Beatriz. Bárbara parecia tranquila minutos antes de fazer sua matrícula no curso de medicina. Sentada na penúltima fila do auditório da faculdade, acompanhada por amigos, a estudante foi chamada pelo número 36 e dirigiu-se até a mesa onde apresentaria seus documentos para o início de uma importante etapa da vida. Logo após entregar a papelada e assinar a lista de presença, Bárbara compartilhou um pouco deste momento e revelou sua determinação pela universidade campineira. “Sempre quis estudar na Unicamp, antes mesmo de escolher o curso”, afirmou. Quando questionada a respeito do motivo da escolha pela medicina, Bárbara não conseguiu explicar. “Só sei que a decisão ocorreu na época que eu cursava a 8ª série. Não existem motivos externos para a minha escolha. Não tem médicos em minha família, serei a primeira. Acho que é um bom curso e uma ótima profissão”, disse. Bárbara disse que o último ano foi dedicado aos estudos. “Passava as tardes estudando e resolvendo exercícios dos vestibulares passados. De manhã, eu frequentava o colégio e, à tarde, fazia listas.” Dos inúmeros conhecimentos exigidos nos principais vestibulares do País, Bárbara revelou sua maior dificuldade e seus pontos fortes. “História é a matéria que eu achava mais difícil. Em compensação, matemática e biologia eram mais fáceis para mim. A disciplina com os estudos também foi importante para o sucesso, herdei isso de meus pais”, contou.Matriculada e cheia de expectativas em relação ao novo curso, Bárbara ainda não sabe qual especialização deverá seguir. “Descobrirei isso ao longo dos anos. Ouvi falar da maioria das áreas, mas não tenho uma preferida. Ainda não estou certa para que lado seguirei, mas o curso vai me ajudar a decidir”, disse. O segredo para a aprovação em um curso superior, segundo Bárbara, não existe. “O que fiz foi estudar, me dedicar e, o mais importante de tudo, eu tinha a certeza do apoio de meus pais. Mesmo quando eu não acreditava em mim, nos momentos de crise que nós estudantes passamos no ano que antecede às provas, meus pais estavam comigo. Eles sempre acreditaram e o meu sucesso é fruto daquilo que eles fizeram por mim”, agradeceu. Além da Unicamp, Bárbara foi aprovada na Universidade Estadual Paulista (Unesp), Universidade de São Paulo (USP) e Faculdade de Medicina de Marília (Famema), e espera ainda o resultado de outros vestibulares prestados.



Calouro passa mal em trote  (O Estado de S.Paulo – Vida& – 10/02/10)

Após um trote movido a pinga, um calouro de 18 anos da Universidade Presbiteriana Mackenzie foi parar no hospital. Ele foi encontrado inconsciente, na noite de anteontem, na rua vizinha à instituição, no bairro de Higienópolis, região central da capital. Segundo o relato do pai do jovem, o funcionário público José Flamínio Ramos Martins, o filho foi encontrado na Rua Itambé por uma moradora do bairro. Ele teria sido deixado no local pelos colegas após exagerar no consumo de bebida alcoólica durante o trote. Encaminhado ao Hospital Samaritano, o calouro foi medicado e, no início da madrugada de ontem, recebeu alta. A família foi chamada após o telefone da tia do jovem ter sido identificado na memória do celular do universitário. Apesar da bebedeira, o jovem não sofreu agressões físicas nem teve objetos roubados ou furtados. “Minha irmã havia ligado para ele momentos antes, perguntando sobre como estava o trote. Por isso telefonaram para ela. Quero agradecer pessoalmente a essa senhora, que foi solidária ao meu filho ao vê-lo na rua”, conta o pai.



Unicamp cria telefone para denúncia (Jornal da Tarde – Cidade – 10/02/10)

Fazer flexão, pular em um pé só, dançar em roda, sambar ao som do batuque dos veteranos, e ter o rosto, corpo, cabelo e roupas pintados foram alguns dos trotes aplicados nos calouros da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) que fizeram matrículas ontem. A instituição implantou dois telefones para denúncias: (19) 3521-4738 e (19) 3521-4877. Não é preciso se identificar. Dos 3.444 aprovados, 1.922 se matricularam ontem em 66 cursos. A lista com os nomes dos 1.522 aprovados em segunda chamada está no site www.comvest.unicamp.br. A matrícula acontece na sexta.



Unicamp divulga lista de aprovados em 2ª chamada no vestibular 2010

  (Folha Online _ Educação – 09/02/10)

A Comvest (comissão responsáveis pelo vestibular) divulgou nesta terça-feira a relação dos candidatos aprovados em segunda chamada no vestibular 2010 da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). A lista com os nomes dos 1.522 vestibulandos convocados está disponível no site da organização. A matrícula dos aprovados em segunda chamada será realizada na próxima sexta-feira (12), das 9h às 12h, nos respectivos campi da universidade: na FOP (Faculdade de Odontologia), em Piracicaba; Faculdade de Tecnologia, em Limeira; na FCA (Faculdade de Ciências Aplicadas), em Limeira; e nas Unidades de Ensino, no campus da Unicamp em Campinas. Já os aprovados nos cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto) deverão se matricular, também na sexta, em Campinas ou na sede da Famerp, em São José do Rio Preto.



Unicamp divulga segunda chamada dos aprovados  (Jornal Agora – Dicas – 10/02/10)

A Unicamp (Universidade de Campinas) divulgou, ontem, a lista da segunda chamada com cerca de 1.500 candidatos aprovados no vestibular. Os nomes podem ser consultados no site www.comvest.unicamp.br. As matrículas ocorrem na sexta-feira, das 9h às 12h, no campus onde o aluno for estudar. A terceira chamada também deve ser divulgada nesse dia. Os documentos necessários são: certificado de conclusão do ensino médio, histórico escolar, certidão de nascimento ou casamento, identidade, título de eleitor, certificado de reservista ou atestado de alistamento militar, no caso dos homens, e uma foto 3×4 colorida. As 3.444 vagas do vestibular foram disputadas por 55.484 candidatos na primeira fase. Desses, 14.706 foram selecionados para a segunda etapa. Do total de vagas disponíveis, 3.320 são para os 66 cursos da Unicamp e as 124 restantes, para formar as turmas de medicina e enfermagem na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (interior de SP). Quem garantiu as matrículas nas três primeiras chamadas, ainda precisa voltar na unidade de ensino no dia 25 de fevereiro, das 9h às 16h, para confirmar a vaga. O aluno que não for convocado até sexta-feira ainda terá chances de ocupar as vagas remanescentes. A Comvest (comissão organizadora do vestibular) prevê 11 chamadas, finalizadas até o dia 26 março. Para entrar na disputa, é necessário preencher uma declaração de interesse no site da Comvest. O prazo começa às 9h do dia 23 e termina às 17h do dia 25. Segundo a comissão, as vagas dos cursos mais disputados como o de medicina, têm as vagas preenchidas nas primeiras convocações de alunos.