10/02/2011 / Em: Clipping

 


Aprovados na Unicamp devem fazer matrícula até as 12h  (Globo.Com – G1 Vestibular – 10/02/11)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) recebe a matrícula dos aprovados em primeira chamada no vestibular 2011 até as 12h desta quinta-feira (10). A segunda chamada será divulgada até a meia-noite. A matrícula ocorre na Faculdade de Odontologia (FOP), em Piracicaba, na Faculdade de Tecnologia, em Limeira, na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), em Limeira e nas unidades de ensino, no campus da Unicamp em Campinas.

Estudante de 16 anos é aprovada em nove vestibulares para medicina (Globo.Com – G1 Vestibular – 09/02/11)

Marcela Malheiro Santos, de 16 anos, tem o privilégio de escolher entre o curso de medicina de nove universidades brasileiras. A estudante foi aprovada nas principais instituições de ensino do país, entre elas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Estadual de São Paulo (Unesp) e a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). No total, Marcela prestou 13 vestibulares. Passou em nove, não passou em quatro (veja quadro ao lado). A estudante já decidiu: vai fazer o curso de medicina da USP. Filha de um bancário e uma profissional de biblioteconomia, a estudante diz que seus pais nunca exigiram que ela fosse uma aluna excelente e tivesse sucesso no vestibular. A mãe, inclusive, avisou que a família faria um esforço para mantê-la em uma universidade particular caso ela não conseguisse vaga nas públicas. Porém, Marcela nem trabalhou com esta hipótese. “Sempre fui exigente demais comigo. Na escola se eu tirasse nove ficava mal e ia questionar o professor”, disse Marcela ao receber a reportagem do G1 em sua casa, no bairro de Pirituba, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (9). Em plena entrevista, o nome da vestibulanda aparecia em mais uma lista, a dos aprovados em medicina pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Mesmo antes de concluir o ensino médio, o nome da estudante já aparecia na lista de classificados da USP. No ano passado, ela foi aprovada como treineira na área de biológicas, e no primeiro ano do ensino médio também passou para a segunda fase, mas não fez a prova porque foi viajar.



Aprovados em primeira chamada na Unicamp 2011 têm até 12h de hoje para fazer matrícula  (UOL – Vestibular – 10/02/11)

Os candidatos aprovados em primeira chamada na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) têm entre 9h e 12h desta quinta-feira (10) para fazer a matrícula nas unidades para as quais foram aprovados.



Matrículas para aprovados na Unicamp começam nesta quinta  (Terra – Vestibular – 10/02/11)

Mais de 3,4 mil aprovados no vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) se matriculam nesta quinta-feira, dia 10 de fevereiro, entre 9h e 12h. Ainda estão previstas mais 11 listas de chamada para preencher as vagas que sobrarem. Na Universidade Estadual Paulista (Unesp), as matrículas para mais de 6,4 mil aprovados começam também nesta quinta-feira e vão até esta sexta-feira, dia 11.



USP e Unicamp divulgam desempenho de todos os candidatos (IG – Último Segundo – 09/02/11)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade de São Paulo (USP) colocaram no ar nesta quarta-feira os boletins individuais de desempenho de todos os candidatos. As duas instituições divulgaram esta semana a lista geral de aprovados, mas sem ordem de classificação. A consulta é importante para que os estudantes saibam sua classificação e qual a probabilidade de serem chamados nas próximas convocações. No site da Comvest, os estudantes podem obter as notas conquistadas em cada fase do vestibular para a Unicamp. A consulta é individual e os candidatos precisam do número de inscrição e senha.



Unicamp divulga notas dos candidatos na 1ª e 2ª fases  (O Estado de S.Paulo – Educação – 09/02/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) disponibilizou, nesta quarta-feira, 9, as notas dos candidatos nas provas (primeira e segunda fases) do Vestibular 2011 e a classificação em que se encontram em cada opção de curso feita. O desempenho está disponível para consulta na página da Comvest na internet (https://www.comvest.unicamp.br/). A consulta é individual e os candidatos precisam do número de inscrição e senha. A consulta à classificação e às notas é importante para que o candidato tenha uma ideia da possibilidade de convocação. Estão previstas onze chamadas.



Matrícula da 1ª chamada da Unicamp é nesta quinta  (Cosmo On Line – Educação – 10/02/11)

A matrícula para os convocados da primeira chamada do Vestibular 2011 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) será realizada na manhã desta quinta-feira (10/02), das 9h às 12h, nos respectivos campi em que são ministrados os cursos. O aprovado Diogo Cesar Silva, de 17 anos, natural de Amparo fez a matrícula às 9h na Faculdade de Letras. Todo pintado, ele disse não ter sofrido abusos por parte dos veteranos e que ser pintado faz parte da tradição.



Unicamp e Unesp fazem hoje matrícula de aprovado em 1ª chamada (Folha Online – Educação – 10/02/11)

Os candidatos aprovados na primeira chamada da Unesp e da Unicamp devem fazer matrícula nesta quinta-feira no local em que vai estudar. Na Unesp, as matrículas se estende ainda até amanhã. Já na Unicamp, ela deve ser feita apenas hoje das 9h às 12h. Na Unicamp, 3.444 candidatos foram aprovados em primeira chamada no vestibular 2011. A relação está disponível no site da universidade. Quem não foi convocado deve ficar atento à divulgação das próximas chamadas. Estão previstas 11 no total.

O Brasil precisa dos professores  (Folha de S.Paulo – Opinião – 10/02/11)

A Folha tem apresentado nesta mesma seção importantes contribuições para a discussão pública do modelo da progressão continuada no ensino fundamental do Estado de São Paulo, em acréscimo aos editoriais, artigos e reportagens que já haviam tratado desse tema. Em atenção às diversas opiniões sobre o assunto, cabe esclarecer que, muito mais que manter e reformular a progressão continuada, o governo de São Paulo realizará a reorganização dos ciclos dos ensinos fundamental e médio do Estado, tendo como objetivos, entre outros, a melhoria da qualidade da formação dos seus alunos e sua preparação para a cidadania e o mercado de trabalho. O desafio de melhorar a educação pública paulista exige não só inovações na política de governo, mas também assegurar os avanços conquistados em gestões anteriores, que reverteram expectativas pessimistas na educação. A partir de 1995, com os governos Covas e Alckmin, São Paulo implantou medidas com foco na universalização do acesso à escola, na correção das distorções de idade/ série e na redução da evasão. Hoje, quase 99% da população de sete a 14 anos do Estado está na escola. Na faixa de 15 a 17 anos, há 86,4% de alunos, maior índice do país. Com a gestão Serra, mais recentemente, tivemos a padronização curricular, com orientações aos docentes para todas as séries, inclusive por meio dos programas Ler e Escrever e São Paulo Faz Escola. Avançamos também com as avaliações das escolas e as metas de qualidade, que proporcionam um olhar mais detalhado do sistema educacional. Outra inovação relevante foi o programa de incentivos por meio de bônus por resultados, no qual as escolas têm metas de qualidade que, se alcançadas, geram até 2,9 salários a mais no ano para seus servidores. Todas essas conquistas serão mantidas pelo atual governo. Mas esta gestão não se limitará a elas. É preciso modernizar a estrutura da Secretaria da Educação, que gerencia cerca de 5 milhões de alunos, 230 mil professores e 5,3 mil escolas e é baseada em um modelo administrativo anacrônico e burocrático. Elaborada a partir de 2008, a reestruturação necessária, cuja implantação já foi decidida pelo governador Geraldo Alckmin, proporcionará uma gestão muito mais ágil e eficiente. Nosso Estado mantém três das melhores universidades do país, a Unesp, a Unicamp e a USP. Elas respondem por cerca de 40% de toda a produção científica brasileira de nível internacional. Produção esta que passou de 0,6% do total mundial no final dos anos 1980 para o atual patamar de 2,2%, perfazendo um dos mais significativos crescimentos entre todos os países. O desempenho dessas três instituições no plano acadêmico e, acima de tudo, no desenvolvimento econômico do país não aconteceu graças apenas a investimentos por agências de fomento. Esse avanço se deveu, principalmente, à inclusão, entre as prioridades institucionais, da valorização de recursos humanos por meio de plano de carreira e de política salarial. Nessas três universidades, para obter crescentes avanços rumo à excelência, foi fundamental a consolidação de quadros de docentes e de servidores técnicos e administrativos comprometidos com a qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão. Temos a obrigação de seguir esse exemplo com os ensinos fundamental e médio do Estado. O Brasil precisa dos professores. Nosso objetivo maior é, portanto, a valorização dos profissionais do ensino público paulista.

HERMAN VOORWALD, 55, é secretário de Estado da Educação de São Paulo, reitor licenciado da Unesp (Universidade Estadual Paulista) e professor titular da Faculdade de Engenharia do campus de Guaratinguetá.



Vestibular 2011: Unicamp recebe matrícula de aprovados na 1ª chamada (Globo On Line – Vestibular – 10/02/11)

Todos os 3.444 candidatos aprovados em primeira chamada no Vestibular Unicamp 2011 devem realizar a matrícula nesta quinta-feira, das 9h às 12h, nos seus respectivos campus (Faculdade de Odontologia, em Piracicaba. Na Faculdade de Tecnologia, em Limeira. Na Faculdade de Ciências Aplicadas, em Limeira e nas Unidades de Ensino, no campus da Unicamp em Campinas). As matrículas dos convocados para os cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) poderão ser realizadas em Campinas ou na sede da Famerp.



Começam matrículas da Unesp e da Unicamp  (Jornal Agora – Dicas – 10/02/11)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e a Unesp (Universidade Estadual Paulista) começam a receber hoje as matrículas dos alunos convocados na primeira chamada de seus vestibulares. As inscrições nas duas instituições devem ser feitas na faculdade ou no instituto em que o aluno foi aprovado. Os estudantes que vão cursar a Unicamp têm apenas hoje para fazer a matrícula. O horário também é curto: das 9h ao meio-dia. Na edição deste ano, o vestibular da Unicamp ofereceu 3.444 vagas, das quais 124 se destinavam à Famerp (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto). Já os candidatos aprovados na Unesp terão hoje e amanhã para garantir a vaga. O horário para a inscrição vai das 9h às 18h nos dois dias. A universidade ofereceu 6.484 vagas neste ano. Os estudantes que não fizerem sua matrícula na Unesp ou na Unicamp perderão suas vagas. A segunda chamada para a Unicamp será divulgada até o fim da noite de hoje, segundo a Comvest. A Unesp divulgará a segunda chamada na próxima quarta-feira.

Desempenho

A Comvest publicou ontem em seu site da Unicamp as notas e a classificação geral de todos os candidatos que fizeram o vestibular 2011 da Unicamp. Dessa forma, os alunos poderão saber quais são as suas chances de convocação neste ano. A consulta é feita pelo número de inscrição e pela senha.



Aprovados na Unicamp devem se matricular nesta quinta  (Veja – Educação – 10/02/11)

Os estudantes aprovados no Vestibular 2011 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) devem efetuar a matrícula entre as 9 horas e o meio-dia desta quinta-feira, nos campi para os quais foram selecionados. A segunda chamada será divulgada ainda nesta quinta, com matrícula no dia 16 de fevereiro. Para efetuar a matrícula, os aprovados pela Unicamp devem levar uma foto 3×4 recente. Já os selecionados para a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp) devem apresentar duas fotos do tipo, além de cópias autenticadas ou acompanhadas do original dos seguintes documentos: diploma do ensino médio, carteira de identidade, CPF, título de eleitor, certificado de reservista ou atestado de alistamento militar.