12/01/2009 / Em: Clipping

 

Na segunda fase da Unicamp, candidatos de São Paulo já se preocupam por ter de morar fora  (UOL – Vestibular – 12/01/09)

A universidade é em Campinas, mas os paulistanos são maioria entre os inscritos no vestibular da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), que começa neste domingo (11) a segunda fase. Na etapa final das provas, os 85 km que separam Campinas de São Paulo já preocupam os candidatos. “Por causa da distância, a Unicamp para mim é mais um plano B”, disse João Paulo Oroscinsk, 19, que tenta vaga em engenharia. Ele é um dos 12.930 candidatos da capital paulista que estão inscritos no concurso de 2009; os campineiros somaram 10.947. Acompanhada pelo pai antes do início da prova, a candidata a uma vaga em engenharia Bianca Azevedo, 17, já cogita ter de morar fora de casa se não passar na USP. “Prefiro ficar aqui em São Paulo mesmo”, disse. “Mas, se precisar, vou para Campinas.” O pai, José Gonzaga Azevedo, emenda: “vai morar sozinha, nada de ficar em república”. Já está nos planos dele ter de alugar um apartamento em Campinas. Renan Becezati, 17, tenta vaga em educação física e, se passar, pretende fazer todos os dias o trajeto Campinas-São Paulo. “Não é tão longe, acho que dá para continuar morando aqui mesmo”, afirma.

Mudança de ares

Para alguns candidatos, a oportunidade de ser aprovado na Unicamp representa também a chance de sair de casa. “Vai ser bom, meus pais até apoiam, acham que amadurecerei”, disse Ana Paula Piola, 17, candidata a letras. Em São Paulo, desde o ano passado para fazer cursinho, o vestibulando de Conchas, interior de São Paulo, Thales Lavisotto, 19, não se importa em ter de mudar de cidade mais uma vez. “No começo, morar fora de casa é ruim, mas depois, você se acostuma e passa a ser uma vantagem”, diz o rapaz que pretende cursar audiovisual. A prova deste domingo da Unicamp é de português e biologia. Ao término do exame, professores do curso Objetivo resolverão as questões. Elas serão publicadas, à medida que forem resolvidas, em UOL Vestibular.

 

Neste domingo, prova da Unicamp começa às 14h, mas portões fecham às 13h45  (UOL – Vestibular – 11/01/09)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) começa, neste domingo (11), a segunda fase do vestibular 2008-2009. A prova começa às 14h, mas os portões dos locais de prova serão fechados às 13h45, segundo a assessoria de imprensa da universidade.  Serão quatro dias consecutivos de provas, aplicadas para os 16.885 aprovados na primeira fase. A prova deste domingo é de português e biologia. Ao término do exame, professores do curso Objetivo resolverão as questões. Elas serão publicadas, à medida que forem resolvidas, em UOL Vestibular. Os estudantes terão quatro horas para responder a 24 perguntas – 12 de cada disciplina. Os candidatos poderão deixar os locais de provas depois de 2 horas e meia de prova. Para entrar nos locais de prova, é necessário apresentar original da cédula de identidade, caneta azul ou preta, borracha e régua pequena. Provas respondidas a lápis serão aceitas, segundo a organização do vestibular.  O vestibular da Unicamp teve 49.322 inscritos para as 3.434 vagas oferecidas em 66 cursos da Unicamp e dois da Famerp – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.


Segunda fase da Unicamp começa neste domingo; iG corrige provas  (IG – Último Segundo – 11/01/09)

Começa a partir deste domingo a segunda fase do vestibular 2009 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). São esperados 16.885 candidatos em 22 cidades do País.

O iG Educação, em parceria com o Cursinho da Poli, irá fazer a correção das provas da segunda fase do vestibular da Unicamp, que acontecem entre os dias 11 e 14 de janeiro. Além da correção das questões, a equipe de professores do Cursinho da Poli fará um comentário geral em vídeo sobre cada uma das disciplinas, sempre por volta das 19h. A segunda fase é constituída por oito provas dissertativas das seguintes disciplinas: língua portuguesa, literaturas de língua portuguesa, ciências biológicas, química, história, física, geografia, matemática e inglês. Este ano, o vestibular recebeu 49.322 inscrições para 3.434 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.


2ª fase do vestibular da Unicamp começa neste domingo  (Globo.Com – G1 Vestibular – 11/01/09)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) inicia a segunda fase de seu processo seletivo neste domingo (11), com as provas de português e biologia. Foram convocados 16.885 candidatos, o que corresponde a 35,9% dos 47.066 que realizaram a prova da primeira fase. Os portões serão abertos às 13h e fechados às 13h45. A Unicamp segue o horário local para a aplicação das provas. O G1 trará a resolução das provas elaborada por professores de cursinhos. Neste ano, houve 49.322 inscrições para 3.434 vagas em 66 cursos da Unicamp e em dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). A segunda fase será constituída de oito provas dissertativas, comuns a todos os candidatos. A prova de cada disciplina é composta por 12 questões e vale 48 pontos. Cada questão tem dois itens – em geral, o primeiro deles costuma ser mais fácil e o candidato consegue garantir alguns pontos.

Provas

A duração das provas é de quatro horas, o que dá dez minutos para resolver cada pergunta – tempo bem menor do que na segunda fase da Fuvest, em que o candidato tem 18 minutos para cada resposta. Por outro lado, um ponto a favor do candidato é que a redação, em geral, fonte de preocupação para muitos, já foi cobrada pela Unicamp na primeira fase. Será desclassificado do vestibular o candidato que ficar com zero em uma das disciplinas. O desempenho na primeira fase do vestibular da Unicamp pode ser consultado em www.comvest.unicamp.br.


Unicamp abre hoje a segunda fase   (Correio Popular – Cidades – 11/10/09)

Três dias depois da Fuvest, alunos enfrentam mais uma maratona pela vaga em universidade pública

Mais uma maratona de provas começa hoje para os vestibulandos que querem conquistar uma vaga em uma universidade pública. A segunda fase do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) começa hoje, após cinco dias corridos de exames da também segunda etapa do vestibular da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest), que terminou na última quinta-feira. Os 16.885 candidatos aprovados para essa fase, o equivalente a 35,9% dos 47.066 vestibulandos que realizaram a primeira, disputam uma das 3.434 vagas oferecidas em 66 cursos da Unicamp e dois da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). Ao todo, o vestibular 2009 da Unicamp recebeu 49.322 inscrições. Diferentemente da Fuvest, a Unicamp terá um dia a menos de provas — serão apenas quatro dias — e os candidatos devem participar de todas os exames. Hoje, será a vez dos aprovados testarem os conhecimentos de língua portuguesa, literatura e biologia. Amanhã, será a vez das provas de química e história. Na terça-feira, serão aplicados os exames de física e geografia e, para encerrar a maratona, haverá matemática e inglês. As provas de cada disciplina são compostas por 12 questões dissertativas, com dois itens cada, que valem dois pontos. No total, cada prova vale 48 pontos. O tempo máximo para realização dos exames é de quatro horas, o que dá dez minutos para resolver cada pergunta — período menor do que na segunda fase da Fuvest, em que o candidato teve 18 minutos para a resposta. Entretanto, a redação, que em geral é a maior preocupação dos candidatos, já foi cobrada na Unicamp na primeira fase. Nos quatro dias, os portões abrem às 13h e fecham às 13h45. A prova começa às 14h. O candidato será automaticamente eliminado caso se ausente ou tire nota zero em algumas das provas.  Em Campinas, a segunda fase será aplicada no Centro de Estudos e Pesquisas em Reabilitação (Cepre) Gabriel Porto, no Ciclo Básico da Unicamp e no Campus 2 da Universidade Paulista (Unip). Os locais de provas tiveram mudança em três casos: os candidatos que fizeram a primeira fase em Sumaré e Valinhos farão a segunda em Campinas e aqueles que fizeram o exame em São Bernardo do Campo, agora, prestarão em Santo André.

Específicas

Os candidatos a uma das vagas para dos cursos de arquitetura e urbanismo, artes cênicas, artes visuais, dança e música ainda deverão passar por provas específicas de aptidão, que também valem 48 pontos, entre os dias 19 e 22 de janeiro. O vestibulando que tirar zero nessa prova será desclassificado da opção e quem não comparecer será eliminado automaticamente do vestibular, mesmo que seja candidato a outro curso em segunda opção. Os aprovados serão conhecidos no dia 5 de fevereiro e a matrícula da primeira chamada está prevista para o dia 10 do mesmo mês.


Segunda fase da Unicamp começa no domingo  (A Tarde – Vestibular – 09/01/09)

Entre o próximo domingo e quarta feira, dia 14, 16.885 candidatos de todo o Brasil farão as provas de segunda fase da Universidade de Campinas (Unicamp). O processo seletivo aprovará alunos para 66 cursos da Unicamp e em dois cursos da Faculdade de Medicina de São José  do Rio Preto (Famerp). Salvador será uma das 21 cidades onde ocorrerá o vestibular. Todas as provas de aptidão (obrigatórias para os cursos  de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais, Dança e Música),  porém, serão realizadas entre os dias 19 e 22 de janeiro em Campinas. A segunda fase está constituída de oito provas dissertativas,  comuns a todos os candidatos. A prova de cada disciplina é composta por 12 questões e vale 48 pontos. Cada questão tem dois itens. As provas têm duração de quatro horas. A lista de aprovados para a segunda fase e os locais de prova podem ser consultados no site da Comissão Permanente para o Vestibular (Comvest).


2ª fase da Unicamp começa hoje (Jornal de Jundiaí – Educação – 11/01/09)

Começam hoje as provas da segunda fase do vestibular da Unicamp (Universidade de Campinas).  Em Jundiaí, cerca de 550 candidatos vão fazer os exames no prédio da Unip, na Vila Hortolândia.   Hoje serão aplicados testes dissertativos de língua portuguesa, literatura de língua portuguesa e ciências biológicas. Amanhã, as provas serão de  química e história. Física e geografia vão ser avaliadas na terça-feira.  O vestibular termina com as provas de matemática e inglês na quarta (dia 14). Os exames têm 12 questões e cada disciplina vale 48 pontos. O tempo de prova é de quatro horas e o período mínimo de permanência nas salas é de duas horas e meia. Os candidatos devem chegar à Unip por volta das 13h para evitar transtornos. Os portões serão fechados às 13h45.  O coordenador da Comvest, Leandro Tessler, recomenda que os alunos levem água, refrigerante ou frutas, pois a previsão é de calor para os próximos dias. Em todo o País, mais de 16,6 mil candidatos disputam as 3.434 vagas em 66 cursos da universidade e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp).  A lista de aprovados em primeira chamada será divulgada no dia 5 de fevereiro, ao meio-dia, no site da Comvest (www.comvest.unicamp br) e no saguão do Ciclo Básico II da Unicamp, em Campinas.


Forte calor marca início da 2ª fase do vestibular da Unicamp (Terra – Vestibular – 11/01/09)

O forte calor marcou o início das provas da 2ª fase do vestibular da Unicamp em Campinas. No prédio do Ciclo Básico, no campus da Unicamp, a temperatura e a ansiedade dos alunos aumentava com o passar das horas. O início das provas, porém, foi tranqüilo. Ao contrário da primeira fase, não houve retardatários.

Muitos alunos chegaram cedo para garantir a realização do exame. Para suportar o calor, alguns se acomodaram no piso gelado. Os amigos Victor Ugo Leite, 18 anos, e Jéssica Perini, 17 anos, moradores de Campinas, chegaram por volta das 12:30 horas e encontraram um lugar fresco para aguardar o início das provas. “É bom chegar bem antes e evitar problemas com atraso”, disse o rapaz que tenta uma das disputada vagas para técnico em informática. A mesma opinião era de Jéssica, candidata à pedagogia. “A gente até pode relaxar aqui no chão “, completou a moça.

Mesmo com um livro em mãos, Gabriela Cordeiro Spaciari, 17 anos, estava tranqüila revisando pela última vez o resumo de português. “Estou só matando o tempo, folheando sem preocupação”, disse sorrindo a vestibulanda em artes cênicas, sentada entre outros candidatos no saguão do Ciclo Básico. Olívia Ávila de Jesus, 18 anos, acredita que terá dificuldades no teste de aptidão em música. Ela vai executar uma ária de ópera, cantar uma canção em alemão e uma canção brasileira. “Português e biologia são fáceis, o que será mais exigente para mim é o teste de aptidão na outra semana”, disse. Werick Andrella, 18 anos, só vai cortar os longos cabelos após o resultado final dos vestibulares nos quais se inscreveu: Unicamp, Unesp, USP e Londrina. “Vou cortar em um profissional, se não o pessoal veterano pega e passa tinta e tesoura sem nenhum capricho”, contou certo de sua aprovação. As amigas Vanessa Camargo Maestro, 18 anos, que tenta uma vaga em gestão de políticas públicas e Suzana Ellen Hayashi Nascimento, 20 anos, candidata à estatística, estavam tranqüilas e só subiram para a sala de provas pouco antes das portas serem fechadas. “O segredo para ir bem é não esquentar a cabeça”, falaram sorridentes.


Unicamp inicia vestibular no domingo; Terra corrige  (Terra – Vestibular – 10/01/09)

O Terra corrigirá a prova do vestibular 2009 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que inicia sua segunda fase neste domingo (11). A correção será realizada pela equipe de professores do Sistema COC e pode ser acompanhada questão por questão pela Internet.

 A partir de domingo, 16.885 candidatos devem realizar as provas em 22 cidades do País. Esta fase, que ocorre entre os dias 11 e 14 de janeiro, está constituída de oito provas de natureza dissertativa com 12 questões cada uma: Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa e Ciências Biológicas no primeiro dia; Química e História no segundo dia; Física e Geografia no terceiro dia e Matemática e Inglês no quarto dia. A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) ressalta que os locais das provas não são necessariamente os mesmos da primeira fase do processo seletivo. Além dos locais, também há mudança de cidade em três casos: os candidatos que fizeram a primeira fase em Sumaré e Valinhos farão a segunda fase em Campinas; e aqueles que fizeram a primeira fase em São Bernardo do Campo farão a segunda em Santo André.  Ao total, 47.066 estudantes realizaram a prova da primeira etapa do vestibular, disputando 3.434 vagas oferecidas pela universidade. O índice de abstenção foi de 4,5%, o equivalente a 2.256 vestibulandos. O exame da primeira etapa incluiu uma redação e 12 questões gerais de natureza discursiva das disciplinas do núcleo comum do Ensino Médio. Os candidatos tiveram quatro horas para a realização do teste. Outras informações podem ser obtidas pelo site www.comvest.unicamp.br.


Começa 2ª fase do vestibular da Unicamp  ( O Estado de S.Paulo – Geral – 11/01/09)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) realiza a partir de hoje a segunda fase do vestibular 2009 em 21 cidades brasileiras. Foram aprovados para a segunda fase 16.885candidatos, 35,9% dos 47.066 que realizaram a prova da primeira fase. Eles concorrem a 3.434 vagas em 66 cursos da universidade e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). O candidato poderá se informar sobre seu local de prova no site da Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest, www.comvest.unicamp.br). Basta digitar número de inscrição e senha. A segunda fase vai até o dia 14. A Comvest informou que os locais de prova não serão necessariamente os mesmos em que os candidatos fizeram a primeira fase. Em alguns casos, haverá mudança de cidade. Por exemplo, os estudantes que fizeram o exame de primeira fase em Sumaré e Valinhos farão a segunda fase em Campinas. Quem fez a prova em São Bernardo do Campo terá de se deslocar até Santo André para o exame de segunda fase.


Vestibulandos fazem hoje segunda fase do vestibular da Unicamp  (Folha Online – Educação – 11/01/09)

Começa neste domingo a segunda fase do vestibular da Unicamp 2009. As provas da segunda fase terão quatro dias de duração e irão até a próxima quarta-feira (14). As avaliações começam às 14h e terminam às 18h.  Os portões serão abertos às 13h e fechados às 13h45, por isso é importante que o candidato chegue ao local de prova com antecedência. Confira os locais de prova no site da universidade utilizando o número de inscrição e senha.  O número de candidatos aprovados para a segunda fase é de 16.885, o que corresponde a 35,9% dos 47.066 que realizaram a prova da primeira fase.  Ao todo, foram recebidas 49.322 inscrições para 3.434 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto.  O curso mais disputado neste ano é o de medicina, na própria Unicamp -78,8 candidatos por vaga, menos do que no ano passado (79,5). Na segunda fase, a concorrência para a carreira é de oito candidatos por vaga.

Prova

A segunda fase terá oito provas dissertativas, comuns a todos os candidatos. A prova de cada disciplina é composta por 12 questões e vale 48 pontos. No primeiro dia, as provas serão de língua portuguesa, literaturas e ciências biológicas. Na segunda-feira, as provas aplicadas serão de química e história. No terceiro dia, os vestibulandos fazem provas de física e geografia. Já no último dia, os candidatos fazem provas de matemática e inglês. As respostas deverão ser feitas no próprio caderno de questões, por isso o candidato não poderá levar o caderno. Os cadernos de questões serão disponibilizados para consultas na página eletrônica da Comvest, a partir das 18h de cada dia de prova da segunda fase. Os candidatos devem levar a cédula de identidade original, caneta azul ou preta, borracha e régua pequena.