14/02/2019 / Em: Clipping

 

Unicamp divulga lista de aprovados em 2ª chamada no vestibular 2019 (G1 – Campinas e Região – 14/02/2019)

Todos os convocados, tanto pela modalidade tradicional, quanto via Enem, devem realizar a matrícula presencial na próxima segunda-feira (18), das 9h às 12h.

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta quinta-feira (14) a lista de aprovados em 2ª chamada do vestibular 2019, tanto para a modalidade tradicional, quanto via Enem. Todos os convocados deverão realizar a matrícula presencial na próxima segunda-feira (18), das 9h às 12h, nos respectivos campi de seus cursos. Os documentos necessários para a matrícula estão disponíveis no manual do ingresso. A lista da terceira chamada será divulgada pela Comvest em 20 de fevereiro; e a matrícula presencial destes convocados será em 22 de fevereiro. Quem não foi contemplado com o nome na lista de aprovados nas três chamadas, pode fazer a declaração de interesse por vagas. De 7 de março, a partir das 9h, até as 17h de 8 de março (horário de Brasília), os vestibulandos devem preencher a declaração pela internet, na página da Comvest. O interesse deve continuar a ser declarado conforme calendário da instituição para que o candidato continue concorrendo nas próximas listas; serão até dez chamadas, ao todo. Deixar de declarar interesse elimina o candidato do processo de convocação nas próximas chamadas, informa a comissão. Leia mais.

 


 

Veja 2ª chamada do Vestibular 2019 da Unicamp (Super Vestibular – 14/02/2019)

Selecionados devem garantir vaga fazendo registro acadêmico no próximo dia 18

 

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta quinta-feira, 14 de fevereiro, a relação de convocados na segunda chamada do Vestibular 2019. Conforme o calendário liberado pela universidade, os selecionados deverão fazer as matrículas no dia 18 de fevereiro. A documentação pode ser conferida no Edital do Vestibular 2019. Ainda segundo o cronograma, a terceira chamada será divulgada dia 20 de fevereiro com matrícula presencial no dia 22 do mesmo mês. O vestibular 2019 da Unicamp foi composto por duas etapas, as quais foram realizadas em novembro do ano passado e em janeiro deste ano. O processo seletivo ofereceu 2.589 vagas em 69 cursos de graduação, em Campinas, Limeira e Piracicaba. O curso de Medicina foi o mais procurado, com mais de 13 inscritos por chance. Os candidatos aos cursos de Arquitetura e Urbanismo, Artes Cênicas, Artes Visuais e Dança também passaram por testes de habilidades específicas, de 21 a 25 de janeiro. Para mais informações, acesse o Edital do Vestibular 2019 ou o site da Comvest, organizadora do vestibular.

 


 

2ª chamada do Vestibular Unicamp 2019 e do Enem-Unicamp (Sejabixo! – 14/02/2019) 

Os estudantes que concorrem nas duas modalidades, caso aprovados em ambas, deverão optar pelo curso em que desejam matricular-se

 

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está divulgando a lista de convocados em segunda chamada nas modalidades Vestibular Unicamp 2019 e Enem-Unicamp 2019. Os candidatos deverão consultar as listas na página eletrônica da Comvest (www.comvest.unicamp.br). Todos os convocados nesta chamada (inclusive aqueles que fizeram a matrícula não presencial) deverão realizar sua matrícula presencial, no próximo dia 18 de fevereiro, das 9 às 12 horas, nos respectivos campi de seus cursos: na Faculdade de Odontologia (FOP), campus de Piracicaba; na Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA), campus de Limeira; na Faculdade de Tecnologia (FT), campus de Limeira; demais cursos, no campus de Campinas. Os locais de matrícula estão disponíveis em tabela, na página da Comvest. Os documentos necessários para a matrícula estão disponíveis no Manual do Ingresso. Leia mais.

 


 

Unicamp aprova 38% de estudantes pretos e pardos (R7 – Educação – 14/02/2019)

Universidade amplia diversidade no quadro de alunos ao abrir o sistema para as diferentes formas de ingresso

 

A Unicamp divulga o perfil dos aprovados nas primeiras chamadas para o ingresso à graduação em 2019. Pela primeira vez, a Universidade adotou cotas étnico-raciais no vestibular, além de oferecer as opções de ingresso por meio da nota do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), do desempenho em olimpíadas científicas e vagas pelo Vestibular Indígena. Além disso, a pontuação do Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS), para alunos de escola pública no vestibular, também foi ajustada. De acordo com os dados dos convocados, na somatória da primeira chamada do Vestibular Unicamp e do Enem-Unicamp, e das primeiras chamadas do Vestibular Indígena e das Vagas Olímpicas, do total de 3.386 aprovados, 38,2% são autodeclarados pretos ou pardos (conforme nomenclatura do IBGE) e 48,7% são de escola pública. Os estudantes indígenas representam 2,1% dos convocados deste ano. Além dos índices gerais, que estão na tabela abaixo, os dados por curso estão disponíveis para consulta no site da Comvest. As informações mostram que há, no mínimo, 25% de estudantes autodeclarados pretos ou pardos em praticamente todos os cursos. Em relação à participação de aprovados egressos de escolas públicas, os índices variam de 78,1% (em Letras – Noturno) a 29% (em Música-Composição) nos diferentes cursos de graduação. Na Medicina, o curso mais concorrido do Vestibular Unicamp 2019, o percentual é de 56,4%. Leia mais.