14/03/2019 / Em: Clipping

 

Unicamp vota mudanças na 2ª fase do vestibular 2020 com expectativa de reduzir abstenção (G1 – 14/03/2019)

Coordenador executivo da Comvest, José Alves Freitas Neto diz que proposta busca isonomia na seleção e alcançar índice de abstenção inferior a 10%. Neste ano, número de ausentes foi o maior em três anos.

 

A Unicamp decide na manhã desta quinta-feira (14) se aprova mudanças no formato da segunda fase do vestibular, a partir da edição 2020, incluindo a redução do número de dias e a divisão de conteúdos conforme a carreira escolhida pelo candidato. Segundo o coordenador executivo da comissão organizadora do exame (Comvest), José Alves Freitas Neto, o objetivo é aplicar uma seleção mais qualificada e moderna, e fazer com que o índice de abstenção seja inferior a 10%. O processo até a edição deste ano foi dividido em três dias e todos os estudantes classificados para esta etapa, independentemente do curso de graduação pretendido, respondem às mesmas questões. A proposta a ser votada pela Câmara Deliberativa do Vestibular sugere diminuição para dois dias:

  1. redação, português, matemática e interdisciplinares para todos os candidatos;
  2. questões aprofundadas por área escolhida: saúde/biológicas; exatas/engenharias/tecnológicas; humanidades e artes.

O coordenador avalia que a disputa deve valorizar os conhecimentos dos estudantes nas áreas de atuação que planejam seguir e, com isso, a prova poderá ser mais exigente com o direcionamento específico. Segundo ele, a Unicamp é a única universidade que cobrou, até 2019, o mesmo conteúdo de todos os estudantes classificados para uma segunda fase do processo. “Fizemos um primeiro esforço de mudar as formas de ingresso e, a partir de agora, potencializar o melhor desempenho dos candidatos tanto na interpretação de temas contemporâneos, quanto nos conhecimentos nas áreas que estão escolhendo. Para que o processo seja o mais isonômico possível, temos que realizar provas em que os candidatos não tenham domínio sobre todos os assuntos, mas que tenham clareza de certos perfis de interpretação, tanto pela linguagem quanto pelo raciocínio matemático, como pela interdisciplinaridade”, explica Freitas Neto. Leia mais.

 


 

Unicamp pode ter vestibular mais curto e com questões por área (ACidade ON – Cotidiano – 14/03/2019)

Comvest vota hoje mudanças na prova de admissão dos estudantes. Entre elas, está a redução de três para dois dias de prova na 2ª fase do vestibular

 

A Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) vota nesta quinta-feira (14) mudanças na prova de admissão dos estudantes. A votação ocorre a partir das 10h na Câmara Deliberativa da Comissão, no próprio campus. Entre as mudanças, está a redução de três para dois dias de prova na segunda fase do vestibular. A segunda é a mudança no conteúdo – a ideia é fazer uma prova por área de interesse do aluno, além de criar um campo interdisciplinar. A ideia é que o candidato poderá escolher perguntas por disciplina na fase de conhecimentos específicos, segmentando os alunos já no vestibular para exatas, humanas ou biológicas. Segundo o coordenador do Comvest, José Alves Freitas Neto, a votação não deve ser adiada ou suspensa, uma vez que é preciso dar tempo hábil aos estudantes entenderem as mudanças – e dar tempo de estudar para o novo formato. “Hoje temos uma prova universal, de todas as áreas, para todos os estudantes. A ideia é trazer uma perspectiva interdisciplinar”, explicou. O professor garantiu ainda que a prova de primeira fase não mudará “absolutamente nada”. A votação será decidida por maioria simples e 58 professores e professoras de todos os cursos de graduação participam. O último vestibular da Unicamp, no ano passado, foi o primeiro com cotas étnico-raciais implementadas. Isso garantiu que 38,2% dos estudantes que entraram na Unicamp são autodeclarados pretos ou pardos e 48,7% são de escola pública. Ontem, a Comvest informou que montou uma comissão para investigar denúncias de fraudes nas cotas étnico-raciais. Foram oferecidas 2.589 vagas em 69 cursos de graduação da Unicamp pelo Vestibular Unicamp e outras 645 vagas pela modalidade Enem-Unicamp.

 


 

Unicamp aprova mudanças no vestibular 2020 e reduz número de dias da segunda fase (G1 – Campinas e Região – 14/03/2019)

Processo seletivo agora terá dois dias e não mais três. Divisão de conteúdos será baseada na carreira escolhida por cada candidato; proposta visa diminuir abstenções.

 

A Unicamp aprovou, nesta quinta-feira (14), mudanças na segunda fase do vestibular 2020. A Câmara Deliberativa deu o aval, por unanimidade, para a proposta da Comissão Permanente para os Vestibulares da universidade (Comvest) de reduzir o processo seletivo de três para dois dias, além da divisão de conteúdos baseada na carreira escolhida por cada candidato. O objetivo, segundo a instituição, é construir uma prova moderna e diminuir o índice de abstenção para menos de 10%. Até a edição deste ano, a segunda fase sempre era feita em três dias e todos os candidatos deveriam responder questões de todas as disciplinas, independentemente da área de atuação da carreira escolhida. De acordo com o coordenador executivo da Comvest, José Alves Freitas Neto, apesar da mudança, a tradição interdisciplinar do vestibular da Unicamp vai permanecer e a alteração era necessária para haver uma “seleção de qualidade”. Com a mudança, os dois de prova passam a ter cinco horas de duração cada um – ao invés de quatro como era feito até agora. O desenho da segunda fase do vestibular ficou da seguinte forma:

-Primeiro dia: oito questões de português, duas de inglês e uma redação.

-Segundo dia: seis questões de matemática, duas de ciências da natureza e duas de ciências humanas (interdisciplinares), além de 12 questões específicas da área escolhida pelo candidato.

Leia mais.

 


 

Unicamp recebeu denúncias envolvendo beneficiados por cotas (EPTV – Bom Dia Cidade – 14/03/2019)

A Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), confirmou nesta quarta-feira (13), que abriu uma comissão para investigar supostas fraudes envolvendo beneficiários por cota no vestibular 2019.

Assista ao vídeo.

 


 

Unicamp anuncia mudanças no vestibular 2020 (EPTV – 2ª Edição – 14/03/2019)

Número de dias foram reduzidos na segunda fase. Processo seletivo agora terá dois dias e não mais três.

Assista ao vídeo.

 


 

2º fase: mudanças no vestibular 2020 da Unicamp (Band – 14/03/2019)

Assista ao vídeo.