14/05/2010 / Em: Clipping

 


UFRJ retoma debate sobre cotas para negros e alunos de baixa renda  (Globo.Com – G1 Vestibular – 13/05/10)

O sistema de reserva de vagas para negros e estudantes de baixa renda, já implantado em mais de cem universidades públicas brasileiras, ainda é um assunto polêmico na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). O tema seria debatido pelo Conselho Universitário neste 13 de maio, dia em que se comemora os 122 anos da abolição da escravatura, mas foi adiado para o dia 27. Na data, os estudante e entidades favoráveis farão uma manifestação. Desde 2004, professores e estudantes tentam implantar o sistema na UFRJ. De acordo com o professor Marcelo Paixão, autor do projeto de cotas para a universidade, o conselho ainda precisa aprovar que o assunto seja discutido pela comunidade universitária. “Vamos primeiro aprovar a discussão. Então teremos de três a quatro meses para debater qual será o público beneficiado e quais critérios serão adotados. Somente após este período, vamos votar a implantação do sistema de reserva de vagas”, explicou. O reitor da UFRJ, Aloísio Teixeira, afirmou que a discussão será retomada no dia 27 e acrescentou que não é contra o sistema de cotas, mas a favor de uma conversa mais ampla sobre o acesso dos jovens à universidade. “Sabemos que 60% dos jovens que se formam são de escolas públicas e que 70% dos alunos que se inscrevem na UFRJ são de cursos privados. A universidade é elitista e precisamos mudar essa realidade, mas a forma precisa ser pensada com calma”, afirmou o reitor.


*
Unicamp organiza oficina para nova prova de redação   (Jornal da Tarde – Cidade – 13/05/10)

O vestibular deste ano da Universidade de Campinas (Unicamp) prevê uma grande mudança na redação e, para preparar os estudantes, vai realizar simulados para dar mostras do novo formato da prova. No próximo domingo, 1.280 alunos farão o primeiro. Em seguida, o exame estará disponível na internet. Até o ano passado, a prova da primeira fase do vestibular da Unicamp era composta por 12 questões dissertativas e uma redação. O candidato selecionava uma das três propostas apresentadas e preparava apenas um texto. Agora, haverá 48 questões de múltipla escolha na primeira fase e a prova de redação será ampliada: o candidato será solicitado a produzir três textos de gêneros diversos, todos de execução obrigatória.
Para orientar seus alunos, professores também poderão se inscrever na oficina “A Redação no Vestibular Unicamp”, que será realizada em dois sábados: 19 e 26 de junho. A inscrição pode ser feita até 21 de maio na página: www.comvest.unicamp.br/oficina_redacao/oficina.html.



Simulado acontece neste domingo (Jornal dos Concursos – Vestibulando& – 13/05/10)

Não deu para atender a todos, mas os 1.280 sorteados para participar do simulado organizado pela Comvest, organizadora dos vestibulares da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) farão a prova neste domingo, 16 de maio. Segundo a Comvest, foram recebidas 16 mil inscrições e os candidatos foram selecionados por meio de um sorteio eletrônico. O objetivo do simulado é apresentar aos vestibulandos a nova cara da prova da Unicamp, que sofreu sua primeira alteração nos últimos 24 anos. Agora, são 48 questões de múltipla escolha, que formam a parte de conhecimentos gerais a redação, na qual os participantes serão solicitados a elaborar três textos de gêneros diversos. A duração da prova será de cinco horas.