15/06/2015 / Em: Clipping

 


USP aprova oferta de aulas da graduação só em língua estrangeira  (Globo.Com – G1 Vestibular – 12/06/15)

Resolução aprovada pelo Conselho de Graduação da Universidade de São Paulo (USP) abre caminho para o estímulo à internacionalização da universidade. A partir do segundo semestre, os cursos de graduação poderão oferecer disciplinas optativas livres somente em língua estrangeira, sem precisar oferecer as mesmas aulas em português. A nova regra não vale para as disciplinas obrigatórias e, segundo a assessoria de imprensa da USP, foi aprovada no dia 27 de maio. Para o pró-reitor de Graduação, é uma “mudança de paradigma”. Em nota divulgada pela assessoria de imprensa nesta sexta-feira (12), o pró-reitor, Antonio Carlos Hernandes, afirma que “até agora, só era permitida a oferta de uma disciplina em língua estrangeira se a mesma fosse também oferecida em língua portuguesa, o que praticamente inviabilizava a iniciativa”. A mudança da norma, segundo ele, “dá um passo importante para a modernização do ensino de graduação, fortalecendo o seu processo de internacionalização”.

Em SP, 5% dos alunos do ensino médio abandonaram escola em 2014   (Globo.Com – G1 Vestibular – 12/06/15)

De acordo com o Censo Escolar 2014, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 5% dos alunos da rede estadual de São Paulo abandonaram os estudos. Segundo o balanço, este é o menor índice registrado nos últimos cinco anos. Dos 1.596.963 de alunos matriculados do ensino médio, em 2014, 11,8% foram reprovados e 83,2% dos estudantes foram aprovados.