17/09/2018 / Em: Clipping

 

Unicamp: número de estudantes da rede pública matriculados em medicina salta de 15% para 81% em 4 anos (G1 – Campinas e Região – 17/09/2018)

Coordenadora do curso de graduação da Faculdade de Ciências Médicas afirma que mudanças adotadas no sistema de bonificação do vestibular desde 2016 estão atreladas à mudança.

 

O número de estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública matriculados no curso de medicina da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) saltou de 15% para 81% nos últimos quatro anos, de acordo com dados da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest). Para a coordenadora de graduação da Faculdade de Ciências Médicas (FCM), Joana Fróes Bragança Bastos, as modificações realizadas no Programa de Ação Afirmativa para Inclusão Social (PAAIS) em 2015 e aplicadas a partir do Vestibular 2016 estão diretamente ligadas à maior participação desses estudantes no curso de medicina. O PAAIS foi instituído em 2004 e aplicava bônus às notas dos estudantes oriundos da rede pública nas provas da 2ª fase do vestibular. A partir do vestibular 2016, o sistema de bonificação começou a ser utilizado também na 1ª fase do processo seletivo. “Como resultado desta política houve aumento do número de alunos ingressantes que se utilizaram desta bonificação chegando a aproximadamente 80% dos alunos matriculados no curso de medicina em 2018, levando a uma maior diversidade social e étnica”, destaca Joana. Beneficiado com a mudança de bonificação do PAAIS no vestibular de 2016, Gabriel Barreira Picolomoni, de 22 anos, destaca que o incentivo é um “curativo para corrigir uma educação falha desde o fundamental no ensino público”. Leia mais

 

9 estratégias para ter alto desempenho no Enem (Guia do Estudante – 17/09/2018)

Estratégias claras, definidas e treinadas para cada momento da prova é essencial para não deixar o nervosismo e a ansiedade prejudicarem sua performance

 

A preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) não é algo fácil. Só com muito estudo e esforço que estudantes de todo o país conseguem encarar 5 horas de prova para tentarem entrar na faculdade dos sonhos através da nota do exame. Mas, além de estudar bastante, como os alunos podem aumentar seu desempenho na hora da prova? O professor Francisco Peres (Pequê) deu uma palestra na Feira Guia do Estudante 2018 contando estratégias que podem ajudar. Segundo o professor, possuir estratégias claras, definidas e treinadas para cada momento da prova é essencial para não deixar o nervosismo e a ansiedade prejudicarem seu desempenho. E aqui vão algumas dicas que você pode seguir no momento em que estiver fazendo a prova: Leia mais