24/03/2011 / Em: Clipping

 


A preferência pela USP  (Folha de S.Paulo – Opinião – 24/03/11)

A USP, por meio de parâmetros universalmente reconhecidos, consolidou sua liderança entre as universidades brasileiras e da América Latina. Cumpre com excelência seu papel de universidade pública mantida pela sociedade. Esse reconhecimento decorre de trabalho permanente de reflexão, avaliação e renovação. O número crescente de candidatos que não se matriculam na USP aponta para questão atual e importante: a expansão de vagas no ensino superior e a porcentagem daquelas que não são ocupadas. Antes de qualquer análise, é necessário apresentar os dados corretos. Os números da Fuvest, divulgados pela imprensa, referem-se ao total de candidatos convocados para 2ª chamada, que incluem aqueles com ensino médio incompleto e que, portanto, não podem efetuar matrícula. Incluem também os remanejados para opção de curso de maior preferência, manifestada no processo de inscrição.

Esses candidatos remanejados e presentes na 2ª chamada também constam da 1ª chamada. É fato que eles não desistiram da matrícula na USP. A interpretação desses números feita até então não é precisa, e as conclusões são incorretas. Dos 2.562 nomes constantes na 2ª chamada, 2.221 são candidatos que não se matricularam na 1ª chamada, sendo que, destes, 479 com ensino médio incompleto. Assim, 1.742 candidatos, com ensino médio completo, não efetuaram matrícula após a 1ª chamada, o que resulta em 16,35% do total de vagas (e não 24,1%, como divulgado), os quais, por razões diversas, não efetuaram matrícula na melhor universidade do Brasil. O exame correto dos dados mostra que houve, de fato, aumento de 4,39 pontos percentuais em relação a 2010. Os candidatos competem em vários vestibulares. É natural que o aprovado em mais de uma das boas universidades do Estado possa considerar para sua escolha, além do modelo acadêmico de cada universidade, fatores econômicos, familiares e geográficos. Considerar que a desistência de matrícula resulta do desprestígio da USP é hipótese indevida para instituição de reconhecido mérito pela qualidade do ensino de graduação e pós-graduação, da formação de docentes e pela contribuição na construção do conhecimento. A complexidade dos fatores nos obriga a realizar uma profunda anamnese, que dê informações precisas sobre as causas do fenômeno. Está em andamento consulta direta àqueles que não se matricularam. Já se sabe, entretanto, que a multiplicação de vagas nas universidades federais e privadas e os programas instituídos pelo MEC propiciaram outras opções para os candidatos e promoveram a descentralização do ensino. É notória a relação inversa entre o aumento da oferta de bolsas do ProUni e o número de inscritos na USP.

A universidade não deve se apartar das transformações do meio externo e dos programas de desenvolvimento do país. Na última década, a USP contribuiu com a expansão do ensino superior, ao ampliar em 48,46% o número de vagas. Novas carreiras foram criadas e devem ser constantemente avaliadas. Nesse sentido, a pró-reitoria de graduação elaborou o documento “Diretrizes para a Criação de Novos Cursos””, aprovado no Conselho Universitário em 2010, que convoca à reflexão sobre ampliação de vagas e criação de novos cursos.

O processo de expansão deve ser indissociável da análise crítica e, portanto, o documento prevê reavaliação de todos os cursos pelas unidades que os oferecem, em termos de atualidade com as demandas sociais e da sincronia entre as tendências científicas na área e o mercado de trabalho. Cabe à USP preservar sua liderança acadêmica, ampliando, com qualidade, todas as suas atividades, o que é seu compromisso primordial com a sociedade.

TELMA ZORN é pró-reitora de graduação da USP.



Unicamp divulga nona chamada e lista de espera do vestibular  (Globo.Com – G1 Vestibular – 24/03/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta quinta-feira (24) a nona chamada do vestibular 2011, com 81 nomes, e uma lista de espera com 205 nomes Os convocados na nona chamada devem fazer matrícula na segunda-feira (28) das 9h às 12h. Todos os convocados para cursos da Unicamp, incluindo ingressantes em cursos da Faculdade de Odontologia (FOP), Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) e da Faculdade de Tecnologia (FT), deverão fazer matrícula na Diretoria acadêmica do campus de Campinas.

Unicamp divulga nona chamada e nova lista de espera do vestibular 2011  (UOL – Vestibular – 24/03/11)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) divulgou nesta quinta-feira (24) a nona chamada do processo seletivo 2011 com 81 nomes e a lista de espera com 203 candidatos relacionados. Confira:A matrícula será realizada no dia 28 de março, das 9h às 12h. Todos os convocados para cursos da Unicamp e da Famerp, inclusive os ingressantes em cursos da Faculdade de Odontologia (FOP), Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) e da Faculdade de Tecnologia (FT), deverão efetuar a matrícula no campus de Campinas, na Diretoria acadêmica (DAC).



Unicamp libera 9ª chamada do Vestibular 2011 e uma lista de espera  (SejaBixo – Mural – 24/03/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está divulgando a lista de convocados em nona chamada no Vestibular Unicamp 2011, com 81 nomes e uma lista de espera, com 203 nomes. As listas estão disponíveis para consulta no saguão do Ciclo Básico II da Unicamp e na página www.comvest.unicamp.br. Tanto os convocados na nona chamada como os candidatos constantes da lista de espera deverão comparecer à Unicamp, campus de Campinas, na próxima segunda-feira, dia 28 de março, das 9h às 12h.



Unicamp divulga os aprovados em 9ª chamada e lista de espera  (EPTV – Virando Bixo – 24/03/11)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) liberou nesta quinta (24) a lista dos 81 aprovados em 9ª chamada no Vestibular 2011 e uma lista de espera com 203 nomes. Os constantes das duas listas devem comparecer ao campus de Campinas da Unicamp na segunda-feira (28), das 9h às 12h.



Unicamp abre dia 11 de abril as inscrições para a oficina de redação do vestibular 2012  (Globo On Line – Vestibular – 24/03/11)

A Universidade de Campinas (Unicamp) vai abrir, no próximo dia 11 de abril (a partir das 9 horas), o período de inscrição para a oficina “A Redação no Vestibular 2012”, sobre as características da nova prova da Redação que passou a ser aplicada desde o último vestibular. Os interessados deverão fazer a inscrição , até as 17 horas do dia 22 de abril. A oficina será oferecida em dois sábados e o participante poderá escolher a data em que quer participar: 7 ou 14 de maio.

Unicamp divulga nona chamada e nova lista de espera do vestibular 2011  (Globo On Line – Vestibular – 24/03/11)

Os candidatos a uma vaga na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) já podem conferir a nona chamada do vestibular 2011. A lista foi divulgada nesta quinta-feira e tem 81 nomes e a lista de espera com 203 candidatos relacionados. A matrícula será realizada no dia 28 de março, das 9h às 12h. Todos os convocados para cursos da Unicamp e da Famerp, inclusive os ingressantes em cursos da Faculdade de Odontologia (FOP), Faculdade de Ciências Aplicadas (FCA) e da Faculdade de Tecnologia (FT), deverão efetuar a matrícula no campus de Campinas, na Diretoria acadêmica (DAC).