24/11/2009 / Em: Clipping

 


A classe C com diploma  (O Estado de S.Paulo – Estadão.edu – 24/11/09)

Eles estão mudando a cara do ensino superior no País. Os chamados universitários da classe C trabalham para pagar os estudos e demoram anos para iniciar o curso depois de concluir o ensino médio. Mas isso não importa: batalhadores, valorizam o fato de terem chegado à universidade – até porque, geralmente são os primeiros de sua família a conseguir isso. Dos 5,9 milhões de estudantes de graduação no País, 31,4% têm renda familiar entre 1 e 5 salários mínimos. O número quase dobrou desde 2002, quando o porcentual era de 16,2%. Isso tem ocorrido graças a iniciativas oficiais, como políticas de cotas e o Programa Universidade para Todos (ProUni), mas também por causa de universidades que apostam nesse público, cobrando mensalidades baixas – que podem chegar a R$ 180. O novo universitário brasileiro chamou a atenção da opinião pública na esteira do caso de Geisy Arruda, aluna de Turismo que virou celebridade após ter sido hostilizada, em 22 de outubro, pelos colegas do câmpus da Uniban em São Bernardo, ABC, por conta de seu vestido curto.



Unicamp divulga respostas da 1ª fase do vestibular (Correio Popular – Cidades – 24/11/09)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou ontem as respostas esperadas das 12 questões na primeira fase de seu vestibular 2010. Os arquivos estão disponíveis para consulta no site do Cosmo On Line (www.cosmo.com.br). O tema da prova deste ano foi “Gerações”. As propostas para a redação e as 12 questões gerais de natureza discursiva das disciplinas — ciências biológicas, física, geografia, história, matemática e química — foram formuladas a partir dessa temática. Na disputa por uma das 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), 52.529 estudantes fizeram a prova da primeira fase no último dia 15 em 24 cidades brasileiras. A redação da primeira fase vale 48 pontos e o conjunto das questões também somam 48 pontos. São eliminados do vestibular os candidatos que obtiverem nota zero em qualquer um dos dois componentes do exame. A lista de aprovados na primeira fase será divulgada no próximo dia 16, na página eletrônica da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest) e no saguão do Ciclo Básico 2 da Unicamp (campus de Campinas), juntamente com os locais de prova da segunda fase, que será realizada entre 10 e 13 de janeiro de 2010. As provas de aptidão, para os cursos que as exigem, serão feitas entre 18 e 21 de janeiro, em Campinas.



Unicamp divulga respostas da 1ª fase do vestibular  (Cosmo On Line – Notícias.Educação – 24/11/09)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou hoje (23/11) as respostas esperadas das 12 questões na primeira fase de seu vestibular 2010. O tema da prova deste ano foi “Gerações”. As propostas para a redação e as 12 questões gerais de natureza discursiva das disciplinas — ciências biológicas, física, geografia, história, matemática e química — foram formuladas a partir dessa temática. Na disputa por uma das 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp), 52.529 estudantes fizeram a prova da primeira fase no último dia 15 em 24 cidades brasileiras. A redação da primeira fase vale 48 pontos e o conjunto das questões também somam 48 pontos.



Inclusão: reivindicação da raça negra  (Folha Dirigida – Primeira Página – 19/11/09)

Nesta sexta, 20 de novembro, será comemorado o Dia Nacional da Consciência Negra. A data, feriado em mais de 700 municípios brasileiros, é uma alusão ao dia em que o líder negro Zumbi foi assassinado em 1695 e lembra a luta dos negros pela liberdade e igualdade. Da morte de Zumbi ao dias de hoje se passaram 314 anos. Neste espaço de tempo, os negros conseguiram a liberdade, já que em 13 de maio de 1888 foi assinada a Lei Áurea, mas a assinatura da lei não significou igualdade e ainda hoje os negros lutam para garantir seus direitos. Entre eles o acesso à educação de qualidade. Na esfera do ensino superior algumas conquistas foram obtidas, como a reserva de vagas para negros em universidades públicas. A primeira iniciativa surgiu em 2001, na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Hoje, são mais de 60 instituições que adotam alguma política de benefício para o ingresso de negros no ensino superior. A política de cotas ainda recebe críticas, mas vai se consolidando como uma forma de combater a desigualdade. “O sistema de cotas raciais, onde foi adotado, não ocasionou uma divisão entre alunos cotistas e não-cotistas. Após a adoção pioneira desta política pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e pela Universidade de Brasília (UnB), podemos afirmar que a medida foi bem recebida no ambiente acadêmico, principalmente graças à abertura e à generosidade da juventude brasileira”, comenta o ministro da Igualdade Racial, Edson Santos.



Unicamp divulga gabarito da primeira fase do vestibular  (Correio Braziliense – Notícias – 23/11/09)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) está disponibilizando as respostas esperadas das 12 questões e a expectativa da banca de redação da primeira fase do vestibular Unicamp 2010. Os arquivos estão disponíveis para consulta em https://www.comvest.unicamp.br/vest2010/F1/provasf1.html.  O tema da prova deste ano foi Gerações. As propostas para a redação e as 12 questões gerais foram formuladas a partir desta temática. Na disputa por uma das 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto) 52.529 estudantes fizeram a prova da primeira fase do vestibular 2010 da Unicamp no dia 15 de novembro, em 24 cidades brasileiras. A lista de aprovados na primeira fase será divulgada no dia 16 de dezembro, na página eletrônica da Comvest e no saguão do Ciclo Básico II da Unicamp (câmpus de Campinas), juntamente com os locais de prova da segunda fase, que será realizada entre os dias 10 e 13 de janeiro de 2010. As provas de aptidão, para os cursos que as exigem, serão feitas entre 18 e 21 de janeiro, em Campinas.