14/01/2009 / Em: Releases

 

Nova lista conta com alteração de três obras em relação ao vestibular anterior

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) e a Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) divulgam a lista unificada de obras literárias que serão abordadas no Vestibular 2010. A lista com os títulos das nove obras já pode ser conferida na página eletrônica da Comvest na internet (www.comvest.unicamp.br).
A lista sofreu uma alteração referente a três obras, se relacionada ao vestibular anterior. As novas obras incluídas estão destacadas em negrito e a nova lista tem validade para os exames dos próximos três anos.
Para a realização do exame vestibular 2010, será exigida dos candidatos a leitura prévia e completa do texto das seguintes obras:

  • Auto da barca do inferno – Gil Vicente;
  • Memórias de um sargento de Milícias – Manuel Antônio de Almeida;
  • Iracema – José de Alencar;
  • Dom Casmurro – Machado de Assis;
  • O cortiço– Aluísio Azevedo;
  • A cidade e as serras – Eça de Queirós;
  • Vidas secas – Graciliano Ramos;
  • Capitães da areia– Jorge Amado;
  • Antologia poética(com base na 2ª ed. aumentada) – Vinícius de Moraes.

Na nova relação, deixaram de constar as seguintes obras indicadas no vestibular anterior: Poemas Completos de Alberto Caeiro (heterônimo de Fernando Pessoa), A rosa do povo – Carlos Drummond de Andrade e Sagarana – João Guimarães Rosa.

A leitura das obras exigidas para a realização do Vestibular da Unicamp prepara o candidato para que ele tenha um melhor desempenho e possa responder de forma clara e específica aos enunciados cobrados na prova de Literaturas de Língua Portuguesa do Vestibular.

Nos textos ficcionais é importante que o candidato se atente à sequência dos acontecimentos, identifique as personagens e seus respectivos papéis na ação, reconhecendo categorias de espaço e tempo entre outros aspectos que favoreçam a compreensão geral das obras. Na poesia é fundamental que o candidato saiba identificar os elementos de estruturação do texto, como sonoridade, ritmo, rima, estrofe, formas fixas e figuras para que possa hierarquizar a importância desses elementos no texto, identificando os temas, comparando aspectos comuns em diferentes poemas afim de estabelecer relações entre o poema e aspectos do contexto social e literário da sua época sempre na busca da melhor compreensão.