Vestibular Indígena 2022

A Unicamp oferece, desde 2019, a modalidade de ingresso do Vestibular Indígena, voltada exclusivamente a estudantes brasileiros de diferentes etnias indígenas. Realizado em data diferente do Vestibular Unicamp, irá oferecer para o ingresso em 2022, 130 vagas. O Edital com as informações completas será divulgados em breve, nesta página.

A prova da última edição foi realizada em seis cidades: Campinas (SP), Bauru (SP), Caruaru (PE), Dourados (MS), São Gabriel da Cachoeira (AM) e Tabatinga (AM). A prova é em língua portuguesa, composta de questões de múltipla escolha e uma Redação. O ingresso é na mesma época de matrículas do vestibular tradicional.

Para acessar as informações do Vestibular Indígena 2021, clique aqui.

Histórico

Na primeira edição do Vestibular Indígena Unicamp, realizada para o ingresso em 2019, a Comvest registrou 611 inscritos, que disputaram as 72 vagas oferecidas. Foram matriculados 64 estudantes, de 23 etnias do Brasil. Na segunda edição, realizada para 2020, o número de inscritos subiu para 1.675, na disputa por 96 vagas, e foram matriculados 85 estudantes. Já na edição de 2021, o ingresso ocorreu em agosto. Foram registrados 1.697 inscritos para 88 vagas. 86 estudantes fizeram a matrícula.