24/04/2008 / Em: Releases

 

Há quatro anos em vigor, o Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) da Unicamp tem conseguido, sem fazer uso de cotas, promover a inclusão social na Universidade. Neste ano, o total de estudantes egressos de escolas públicas matriculados na Unicamp chegou a 32,8%, número um pouco superior aos 32,4% de 2007. Isso significa que do total de 3.032 ingressantes, 994 vieram de escolas da rede pública de ensino.

Um dado interessante é que a porcentagem de matriculados de escolas públicas supera a demanda por vagas desse mesmo grupo: eles representaram 29,7% dos inscritos no Vestibular 2008 contra 32,8% de matriculados.

Comparativo 2001 a 2008

Após quatro anos de vigência do PAAIS, o número médio de ingressantes de escolas públicas aumentou 23% em comparação com os quatro anos anteriores ao programa. Um dado que chama a atenção é que o reflexo foi maior nos cursos mais concorridos do Vestibular Unicamp. No curso de Medicina, o mais concorrido, o aumento foi de 123%, passando de 10 candidatos de escola pública, em média, para 24 após os quatro anos do PAAIS. Midialogia, também entre os mais concorridos da Unicamp, foi o curso que registrou maior aumento de estudantes que vieram de escolas públicas: 225%. A tabela a seguir apresenta os cursos onde o aumento foi maior que 50%. Quase todos são muito concorridos (ver tabela anexa).


Cursos

Matriculados (média) Escola Pública
antes PAAIS

Matriculados (média) Escola Pública
depois PAAIS

Variação

Comunicacao Social-Habil. Midialogia (I)

2,0

6,5

225%

Medicina UNICAMP (I)

10,8

24,0

123%

Medicina FAMERP (I)

5,5

11,0

100%

Fonoaudiologia (I)

5,3

10,3

95%

Eng. de Controle e Automocao (N)

8,3

15,5

88%

Ciencias Sociais (I)

6,0

11,0

83%

Eng. Eletrica (N)

10,5

19,3

83%

Eng. Mecanica

12,5

22,3

78%

Ciencias Biologicas (I)

4,3

7,5

76%

Farmacia (I)

5,0

8,8

75%

Tecnologia em Saneamento Ambiental (I)

8,0

13,8

72%

Ciencias Biologicas – Licenciatura (N)

17,0

28,5

68%

Ciencias da Terra – Geologia/Geografia – Bacharelado (I)

10,8

17,8

65%

Eng. Eletrica (I)

13,3

21,8

64%

Historia (I)

7,5

11,5

53%

Tecnologia em Telecomunicacoes (I)

13,0

19,8

52%

Ciencias Economicas (I)

6,8

10,3

52%

Eng. Quimica (I)

6,0

9,0

50%

O PAAIS
O PAAIS, aprovado pelo Conselho Universitário (Consu) da Unicamp em 2004, prevê que estudantes que tenham cursado todo o ensino médio na rede pública brasileira recebam automaticamente 30 pontos a mais na nota final, após a segunda fase. Candidatos autodeclarados pretos, pardos e indígenas que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas podem ter, além dos 30 pontos adicionais, mais dez pontos acrescidos à nota final.

Dados 2001 a 2008
Candidatos de Escolas Públicas:
Vestibular 2001:                                               13.720  (30,3% do total)
Vestibular 2002:                                               14.526  (30,7%)
Vestibular 2003:                                               14.362  (30,9%)
Vestibular 2004:                                               15.854  (31,4%)
Vestibular 2005 (Primeiro ano do PAAIS):        18.339  (34,1%)
Vestibular 2006:                                               15.534  (31,3%)
Vestibular 2007:                                               14.630  (29,1%)
Vestibular 2008:                                               14.705  (29,7%)

Matriculados de Escolas Públicas:
Vestibular 2001:                                               743       (28,9%)
Vestibular 2002:                                               820       (30,6%)
Vestibular 2003:                                               854       (29,7%)
Vestibular 2004:                                               831       (28,0%)
Vestibular 2005 (primeiro ano do PAAIS):        1.021    (34,1%)
Vestibular 2006:                                               971       (32,0%)                       
Vestibular 2007:                                               991       (32,4%)
Vestibular 2008:                                               994       (32,8%)

OBS.: Os dados da inclusão social, separados por curso, bem como a concorrência média de cada um no período, podem ser conferidos na tabela anexa.