21/10/2005 / Em: Releases

 

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest), que encerrou no dia 12 de outubro o período de inscrições para o Vestibular 2006, registrou 49.585 candidatos inscritos para o Vestibular Unicamp 2006. Eles vão disputar 2.954 vagas em 58 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp – Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto. O número é um pouco inferior (8%) ao do vestibular passado, quando a Unicamp teve recorde histórico de inscritos com 53.762 candidatos. No ano passado, a Unicamp foi a única universidade estadual paulista a registrar aumento do número de inscritos.

Neste ano, apesar de ter oferecido o mesmo número de isenções da Taxa de Inscrição do vestibular passado, houve menos candidatos que preencheram os requisitos para obter o benefício e o número final de isenções concedidas ficou abaixo do ano anterior, com 6.845, contra 7.969 candidatos beneficiados no Vestibular 2005.

A primeira fase do Vestibular Unicamp 2006 acontece no dia 20 de novembro, com uma prova que inclui a Redação e 12 questões gerais dissertativas: Matemática, Física, Química, Biologia, História e Geografia. A segunda fase será realizada de 15 a 18 de janeiro de 2006, com oito provas dissertativas das disciplinas obrigatórias do núcleo comum do ensino médio: Língua Portuguesa e Literaturas de Língua Portuguesa, Ciências Biológicas; Química, História; Física, Geografia; Matemática e Língua Estrangeira. As provas de aptidão, para os cursos que as exigem, acontecem em Campinas e Piracicaba, entre os dias 23 e 26 de janeiro de 2006. A Comvest divulga a primeira lista de aprovados para matrícula no dia 09 de fevereiro. A matrícula destes convocados acontece em 14 de fevereiro.

As provas do Vestibular 2006 serão realizadas simultaneamente em 25 cidades do Brasil: Campinas, Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi Guaçu, Piracicaba, Porto Alegre, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, São Paulo, Santo André, Salvador, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, Sumaré e Valinhos.

Ação Afirmativa
Neste ano, 31,3% dos inscritos para o Vestibular Unicamp fizeram todo o ensino médio em escolas da rede pública e 17,6% se declararam pretos, pardos ou indígenas. No Vestibular 2005, 34% dos candidatos fizeram todo o ensino médio em escolas da rede pública e 19% do total de inscritos se declararam pretos, pardos ou indígenas.

28,4% do total de inscritos para o Vestibular Unicamp 2006, ou seja, 14.070 candidatos, optaram por participar do PAAIS contra 30,8% no ano passado. O Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social da Unicamp, aprovado em maio pelo Conselho Universitário, prevê a concessão de 30 pontos adicionais à nota final para candidatos que fizeram todo o ensino médio em escolas da rede pública e outros 10 pontos a mais para aqueles que além de terem feito o ensino médio em escolas públicas, se autodeclararam pretos, pardos ou indígenas.