04/01/2011 / Em: Clipping

 


Unicamp libera consulta a notas de primeira fase do vestibular 2011 (Folha Online – Educação – 04/01/11)

Os candidatos a vagas na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) podem a partir desta terça-feira consultar as notas obtidas na primeira fase do vestibular. Os dados estão no site da Comvest. Para ter acesso às notas, é preciso digitar o número de inscrição e a senha. A segunda fase do exame acontece nos dias 16, 17 e 18 de janeiro. Ao todo, 16.644 candidatos foram convocados para a segunda etapa do processo seletivo. Também já está disponível na página da Comvest, a tabela com a relação candidatos-vaga para a segunda fase em cada curso. A Comvest ressalta que os candidatos devem ficar atentos aos locais das provas, já que eles não são necessariamente os mesmos onde o candidato realizou a primeira fase. Além dos locais, também há mudança de cidade nos seguintes casos: os candidatos que fizeram a primeira fase em Sumaré e Valinhos farão a segunda fase em Campinas; aqueles que fizeram a primeira fase em São Bernardo do Campo farão a segunda em Santo André. A segunda fase é constituída de três provas. 

A voz das ruas  (Folha de S.Paulo – Opinião – 04/01/11)

Jéssica Gomes dos Santos, de 17 anos, é um retrato do Brasil em ascensão. Ela vive com o pai em uma casa alugada de três cômodos no Jardim Villas Boas. Há dois anos, eles trocaram o interior da Bahia por São Paulo, em busca de melhores condições de vida. O pai, soldador, tem quatro anos de ensino fundamental e ganha três salários mínimos. O aluguel consome boa parte da renda. Mesmo assim, Jéssica não abandonou a escola e conclui o ensino médio sem repetências. Com sete anos a mais de estudo que o pai, ela quer ser fisioterapeuta e frequenta uma ONG em que recebe apoio e treinamento na busca do primeiro emprego. Em 2010, Jéssica prestou vestibular para uma universidade pública. Nas provas que fez, deparou-se com conteúdos que não foram ensinados nas escolas por onde passou. Em sua visão, a educação é injusta. Para ela, famílias de alta renda têm acesso à educação de qualidade em colégios particulares e conseguem entrar em universidades do governo. Os filhos das famílias menos favorecidas, que estudam em escolas públicas, têm que recorrer a faculdades pagas e muitos não conseguem avançar por falta de condições financeiras. Onde estudou, em São Paulo, Jéssica diz que os professores não davam apoio aos alunos. “Eles não estão interessados e muitos não têm condições de atuar, não querem ajudar os alunos e não têm conhecimento nem experiência para estar numa sala de aula”, diz, numa análise sem rodeios.
Indagada sobre qual deveria ser a prioridade do novo governo, ela não titubeia: melhorar a educação, para a conquista de um patamar de vida melhor do que o de seus pais. O governo Dilma daria um passo gigantesco se convertesse, de fato, as palavras da menina Jéssica em um pilar estratégico de atuação nos próximos quatro anos. A educação, como nos ensina a adolescente, é o instrumento mais eficaz para consolidar as conquistas sociais dos últimos 16 anos. FHC nos deu a estabilidade da moeda e modernizou a economia. O governo Lula transferiu milhares de brasileiros para a classe C, diminuiu a pobreza, turbinou a economia e deu nova dimensão internacional ao país. Dilma, que dá seus primeiros passos, tem a chance histórica de se notabilizar com o governo da revolução na educação. O trabalho é desafiador. A educação brasileira, como revelam os dados do Pisa (Programa Internacional de Avaliação de Alunos) e de outros indicadores, continua entre as piores do mundo, em descompasso com a posição econômica que hoje ocupamos no cenário internacional. Somos ruins em matemática e em ciências, não dominamos o idioma, a evasão escolar é enorme, a formação dos professores é fraca, a carreira de magistério não é atrativa e faltam modelos de gestão para as nossas escolas. Mas a dimensão dos problemas não deve ser motivo para a inação. Nações como a Coreia do Sul e o Chile provaram que é possível construir modelos de educação de excelência em curtos períodos históricos. Sem uma educação de qualidade, o Brasil não terá condições de competir num mundo cada vez mais complexo e pautado pelo conhecimento: não teremos capital humano dando suporte às demandas do crescimento. Nossa torcida nesta caminhada é para que a educação esteja no topo da lista de prioridades do novo governo. Se a educação avançar, Dilma entrará para a história e ficará na memória de Jéssica e de toda uma geração de brasileiros que começa a saborear os efeitos de um país em transformação. Que a presidente tenha a sensibilidade para ouvir a voz das ruas e abrace essa causa, de todos nós.

MILÚ VILLELA é membro fundador do movimento Todos pela Educação, presidente do Instituto Faça Parte, do Centro de Voluntariado de São Paulo e embaixadora da Boa Vontade da Unesco.



Candidatos já podem acessar as notas da primeira fase da Unicamp  (Tribuna de Santos – Educação – 04/01/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta terça-feira as notas da primeira fase do Vestibular Unicamp 2011. Para ter acesso às notas, os candidatos precisam digitar seu número de inscrição e senha. Clique aqui para fazer a consulta. No próximo domingo (16), 16.644 candidatos são esperados na segunda fase do vestibular em 21 cidades do País. Também já está disponível na página da Comvest a tabela com a relação candidatos-vaga para a segunda fase em cada curso. Em Santos, 942 candidatos prestaram a prova  da primeira fase. No domingo, ocorrem as provas de Língua Portuguesa e de Literaturas da Língua Portuguesa e de Matemática. Na segunda, os candidatos fazem as provas de Ciências Humanas e Artes e de Língua Inglesa. E na terça, a prova de Ciências da Natureza.



Unicamp divulga notas dos candidatos na primeira fase do vestibular 2011  (UOL – Vestibular – 04/01/11)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) liberou nesta terça-feira (4) a consulta às notas dos candidatos na primeira fase do vestibular 2011. Para a segunda fase, que será realizada nos dias 16, 17 e 18 de janeiro, foram convocados 16.644 candidatos. Para a segunda fase, foram chamados os estudantes que tiveram nota igual ou maior a 54 na primeira fase, no mínimo de três e no máximo de oito vezes o total de vagas ofertadas no curso escolhido como primeira opção. A lista de convocados em primeira chamada será divulgada em 7 de fevereiro. As provas de aptidão serão aplicadas em Campinas, de 24 a 27 de janeiro.



Unicamp libera notas da 1ª fase do vestibular 2011 (SejaBixo – Mural – 04/01/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) disponibilizou as notas obtidas pelos candidatos na primeira fase do Vestibular Unicamp 2011. A consulta é feita na página eletrônica da Comvest – www.comvest.unicamp.br. Para ter acesso às notas, os candidatos precisam digitar seu número de inscrição e senha. A partir do próximo domingo, 16 de janeiro, 16.644 candidatos devem realizar a segunda fase do vestibular em 21 cidades do país.



Unicamp divulga nota de candidatos na 1ª fase do vestibular 2011  (O Estado de S.Paulo – Educação – 04/01/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta terça-feira, 4, as notas obtidas pelos candidatos na primeira fase do vestibular 2011. Para ter acesso às notas, os estudantes precisam digitar seu número de inscrição e senha no site da Comvest. Também já está disponível para consulta a tabela com a relação candidatos/vaga na segunda fase do processo seletivo, que será realizada entre os dias 16 e 18 de janeiro. Foram convocados 16.644 candidatos. As provas da segunda fase serão aplicadas em 21 cidades. Os candidatos devem ficar atentos a seus locais de prova, porque eles podem não ser os mesmos da primeira fase.



Unicamp libera notas da 1ª fase do Vestibular 2011 (EPTV – Virando Bixo – 04/01/11)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) disponibilizou nesta terça (4) as notas obtidas pelos candidatos na 1ª fase do Vestibular 2011, realizada no dia 21 de novembro. A consulta deve ser feita no site www.comvest.unicamp.br. Para ter acesso às notas, os candidatos precisam digitar seu número de inscrição e senha. Também foi divulgada pela Unicamp a relação candidato/vaga para a 2ª fase.



Unicamp divulga as notas  da 1ª fase do vestibular  (Cosmo On Line – Educação –  04/01/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) disponibilizou as notas obtidas pelos candidatos na primeira fase do Vestibular Unicamp 2011. A consulta é feita na página eletrônica da Comvest – www.comvest.unicamp.br . Para ter acesso às notas, os candidatos precisam digitar seu número de inscrição e senha. A partir do próximo domingo, 16 de janeiro, 16.644 candidatos devem realizar a segunda fase do vestibular em 21 cidades do país.