05/11/2018 / Em: Clipping

 

USP bate Unicamp em ranking que traz má notícia aos formandos brasileiros (Exame – 05/11/2018)

A edição 2019 do QS World University Rankings: Latin America traz 90 universidades brasileiras mas 76 pioraram em um aspecto essencial para quem se forma

 

São Paulo – A conclusão da equipe da consultoria QS Quacquarelli Symonds, responsável por alguns dos mais respeitados rankings de faculdades do mundo, é  de que a confiança dos empregadores nos graduados brasileiros está em baixa. A edição 2019 do QS World University Rankings: Latin America, divulgada na semana passada, traz 90 universidades brasileiras – entre 400 instituições latino-americanas ranqueadas. Do Brasil, 76 universidades tiveram queda no índice que mede a reputação das instituições no mercado de trabalho. Pela segunda vez seguida, a Pontifícia Universidade Católica do Chile (PUC Chile) foi classificada como a melhor da América Latina. A Universidade de São Paulo (USP) subiu do terceiro para o segundo lugar, trocando de posição com a Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Depois do Brasil, o México é o país com mais universidades na lista: são 63. A Colômbia tem 53 e o Chile, 40, sendo que uma delas está no topo (de novo). Leia mais 

 

Primeiro dia de Enem tem menor abstenção da história (Terra – Educação – 05/11/2018)

Ministro atribui queda a mudança de regras para a inscrição. Em Minas, PF apreendeu alunos com ponto eletrônico

 

BRASÍLIA – O primeiro dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) teve o menor índice de abstenção da história da prova: 24,9%. Dos 5.513.749 inscritos, foi constatada a presença de 4.139.319 candidatos, o equivalente a 75,1%. No ano passado, a abstenção foi de 29,9%. Ao comentar os dados, o ministro da Educação, Rossieli Soares, afirmou que o número pode ser melhorado na próxima semana, uma vez que a falta no primeiro dia de prova não impede que o candidato realize a segunda etapa da prova. Leia mais