11/04/2011 / Em: Clipping

 


Unicamp abre inscrições para a oficina ‘A redação no vestibular’  (IG – Educação – 11/04/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) abriu as inscrições para a oficina “A Redação no Vestibular Unicamp”, que pretende esclarecer professores do ensino médio e estudantes universitários as características da nova prova da Redação, que passou a ser aplicada desde o último vestibular. Podem participar professores do ensino médio de escolas públicas e particulares, alunos de graduação ou pós-graduação. Os interessados devem fazer a inscrição exclusivamente pela internet, no site da Comvest, até as 17 horas do dia 22 de abril. A oficina será oferecida em dois sábados e o participante poderá escolher a data em que quer participar: 7 ou 14 de maio. A taxa de inscrição é de R$ 35 para estudantes e professores de escolas da rede pública; e R$ 70 para professores de escolas particulares.

Brasil forma três vezes menos engenheiros que países ricos  (IG – Educação – 09/04/11)

As áreas preferidas de formação dos estudantes brasileiros no ensino superior são ciências sociais, negócios, direitos e serviços (37,1%) e humanidades, artes e educação (29,3%). É o que mostra levantamento feito pelo especialista em análise de dados educacionais, Ernesto Faria, do portal Estudando Educação, a partir de relatório da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE). Os números apontam que o Brasil forma quase três vezes menos engenheiros do que os países desenvolvidos que fazem parte do grupo. O estudo reuniu dados sobre 36 países. Entre todos eles, o Brasil tem o menor percentual de formandos em engenharia, indústria e construção: 4,6% do total, enquanto entre os países da OCDE a média é de 12%. Na Coreia do Sul e no Japão, por exemplo, os formandos nessas áreas respondem por 23,2% e 19% do total, respectivamente. O outro país latino-americano incluído na pesquisa, o Chile, tem 13,7% de titulados nessa área do total de concluintes. O secretário de Ensino Superior do Ministério da Educação, Luiz Cláudio Costa, afirma que a pasta já trabalha para mudar esse quadro.



Unicamp recebe inscrições de isentos  (O Estado de S.Paulo – Vida& – 11/04/11)

De 26 a 31 deste mês estão abertas as inscrições para o pedido de isenção da taxa do vestibular 2012. Pode concorrer quem tem baixa renda, e funcionário da Unicamp ou se candidata aos cursos de licenciatura noturno. E preciso ter cursado da 5.ª a 8.ª série do ensino fundamental e o ensino medio em escola publica morar no Estado de Sao Paulo e ter concluído ou concluir o ensino medio em 2011. Mais informações: www.comvest.unicamp.br.



Cresce o número de estudantes oriundos da rede pública estadual paulista na Unicamp  (Folha Dirigida – Vestibular – 08/04/11)

O número de matriculados oriundos de escolas da rede pública na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) aumentou. O dado, divulgado pela Comissão Permanente para Vestibulares da Unicamp (Comvest), organizadora do vestibular da instituição, apontou que do total dos matriculados este ano, 32% são estudantes que fizeram todo o ensino médio na rede pública, o que representa 1.111 novos graduandos. “Esse dado é muito positivo uma vez que a Unicamp quer ter cada vez mais alunos vindo de escolas públicas, principalmente aqueles que têm uma renda mais baixa”, afirma Renato Pedrosa, coordenador da Comvest. Além do crescimento deste indicador, foi verificado também que o número de inscritos da rede pública no vestibular aumentou, atingindo 27% do total, ou seja, 14.277 candidatos. Conforme informado pelo coordenador em entrevista exclusiva para a FOLHA DIRIGIDA, os motivos para este crescimento estão sendo estudados pela organizadora do vestibular, já que ainda não há uma justificativa clara para isto. “É necessário estudar mais esses dados para compreender o que aconteceu”, diz. Entretanto, Pedrosa adiantou que as alterações ocorridas no formato do vestibular, como por exemplo a mudança de questões dissertativas para múltipla escolha e da redação com proposta de elaboração de três textos na primeira fase do exame, aplicadas pela primeira vez no ano passado, contribuiu positivamente para o ingresso destes alunos. “Certamente a mudança no formato teve um efeito, mas ainda iremos analisar melhor os dados e divulgaremos toda a parte acadêmica e de resultado por prova”, explica. O coordenador também adiantou que 70% destes alunos concluíram o ensino médio na rede pública estadual e que o Programa de Ação Afirmativa e Inclusão Social (PAAIS) da Unicamp contribuiu significativamente para a aprovação destes candidatos no concorrido vestibular. “O efeito do programa de ação afirmativa em nosso vestibular é o de valorizar a escola pública”, acredita Pedrosa.  Instituído em 2004, o programa bonifica com 30 pontos na nota final estudantes que tenham cursado ensino médio em escolas pública brasileiras. Candidatos audodeclarados pretos, pardos e indígenas (que também realizaram o ensino médio em escola pública) ganham, além dos 30, um acréscimo de mais 10 pontos. “Com estes resultados, não temos dúvida de que é possível compatibilizar o mérito com inclusão social”, finaliza Pedrosa.

Pedidos de isenção no vestibular 2012 da Unicamp serão recebidos a partir do dia 26  (Folha Dirigida – Vestibular – 09/04/11)

A Comvest, organizadora do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), antecipou a divulgação do período de recebimento dos pedidos de isenção da taxa da seleção de 2012. Os pedidos serão recebidos a partir do dia 26 de abril até 31 de maio, somente pela internet, através do site da Comvest. A seleção disponibiliza três formas de isenção: para candidatos de famílias com renda líquida máxima de R$600 por morador (6.640 isenções para este grupo), para funcionários da Unicamp ou Funcamp (100) e para aqueles que se candidatarem aos cursos de Licenciatura em período noturno (neste caso, conforme o número de pedidos). Para concorrer ao benefício, em qualquer modalidade, é necessário ter cursado do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e ter cursado o ensino médio integralmente em escolas da rede pública, ser residente e domiciliado no estado de São e Paulo e ter concluído ou concluir em 2011 o ensino médio. A relação com os nomes dos contemplados será divulgada no dia 17 de agosto e poderá ser consultada no site da FOLHA DIRIGIDA ONLINE. É importante lembrar que os beneficiados não estão automaticamente inscritos no vestibular, sendo preciso efetuar cadastramento, que será feito também pela internet, no site da Comvest.



Unicamp abre hoje oficina de redação (Jornal Agora – Dicas – 11/04/11)

A Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Universidade Estadual de Campinas) vai abrir hoje as inscrições para uma oficina de redação. O curso é voltado tanto a professores do ensino médio quanto a alunos de graduação e de pós-graduação. Dessa forma, a universidade espera divulgar o novo modelo de redação adotado em seu vestibular. Ao todo, são oferecidas 680 vagas, metade para cada dia da oficina –que será realizada nos dias 7 e 14 de maio. Serão 220 vagas para professores da rede pública, 220 vagas para professores do ensino privado e 240 vagas para estudantes. As inscrições podem ser feitas somente pelo site da Comvest, até as 17h do dia 22 de abril. A taxa de inscrição é de R$ 35 para os estudantes e para os professores da rede pública e de R$ 70 para os professores das escolas particulares. As aulas da oficina serão aplicadas no campus da universidade, em Campinas (93 km da capital), das 9h às 17h.

Conteúdo

No curso, será apresentado tanto o novo modelo de redação quanto os critérios utilizados para a correção das provas. A universidade espera que, com a oficina, os professores possam preparar seus alunos para o vestibular da Unicamp. Mais informações sobre a oficina de redação podem ser obtidas pelo telefone (0/xx/19) 3521-7547 ou pelo e-mail oficina@comvest.unicamp.br.



Unicamp abre inscrição para oficina ‘A Redação no Vestibular’  (Terra – Vestibular – 11/04/11)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) abriu o período de inscrição para a oficina “A Redação no Vestibular Unicamp”, sobre as características da nova prova da Redação que passou a ser aplicada desde o último vestibular. A oficina é voltada a professores do ensino médio e alunos de graduação ou pós-graduação. Os interessados deverão fazer a inscrição exclusivamente pela internet, em www.comvest.unicamp.br, até as 17 horas do dia 22 de abril. A oficina será oferecida em dois sábados e o participante poderá escolher a data em que quer participar: 7 ou 14 de maio.