14/11/2009 / Em: Clipping

 

Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Unicamp aplica 1ª fase do vestibular 2010 neste domingo; UOL traz correção (UOL – Vestibular – 13/11/09)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aplica, neste domingo (15), a primeira fase do vestibular 2010. Após o exame, o UOL Vestibular trará a correção da prova, elaborada por professores do curso e colégio Objetivo. A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aplica, neste domingo (15), a primeira fase do vestibular 2010. Após o exame, o UOL Vestibular trará a correção da prova, elaborada por professores do curso e colégio Objetivo. Os exames terão início pontualmente às 14h e é necessário levar:


Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Unicamp e outras universidades aplicam avaliações neste final de semana  (IG – Último Segundo – 14/11/09)

Hoje e principalmente no domingo, 11 universidades estarão aplicando provas de seus Vestibulares 2010. O Vestibular Brasil Escola preparou uma lista, dividida por regiões, com instruções e datas importantes de cada um dos processos seletivos. Confira abaixo!


Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Confira o que levar na primeira fase do vestibular da Unicamp (Globo.Com – G1 Vestibular – 14/11/09)

Os candidatos que vão prestar o vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), que realiza a primeira fase neste domingo (15), devem aproveitar o sábado para separar a documentação necessária, que inclui duas fotos 3×4 coloridas e recentes (com o nome e número de inscrição anotados no verso). Também é preciso levar original do documento indicado na inscrição, caneta azul ou preta, borracha e uma régua pequena. Segundo a Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest), que aplica o processo seletivo, as fotos serão obrigatórias apenas na prova da 1ª fase e quem esquecer de levá-las não poderá fazer o exame. A Comvest recomenda que os candidatos devem comparecer ao local do exame às 13h e que apenas a partir das 13h45 será permitido o ingresso nas salas. Os alunos que chegarem atrasados não poderão entrar. Sair de casa com antecedência é importante, tendo em vista que o candidato poderá encontrar trânsito e congestionamento em alguns locais como PUC Campinas Campus I e UNIP Campinas Campus II (Swifit). É preciso considerar ainda que, nos finais de semana, a frota de transporte público é reduzida. Nas cidades onde não há horário de verão, é importante lembrar que serão considerados os horários locais e não o de Brasília. A prova vai durar no máximo quatro horas, mas os alunos devem permanecer na sala obrigatoriamente por, no mínimo, duas horas e trinta minutos.  É permitido entrar nas salas com água, refrigerante, suco, doces e balas. Não será permitido levar calculadora, pager, celular, relógio com calculadora, boné e corretivo líquido. Também há a recomendação de deixar o celular em casa, porque se algum candidato for flagrado com o telefone ligado sua prova será anulada.


Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Com recorde de inscritos, Unicamp realiza 1ª fase neste domingo  (EPTV – Virando Bixo – 13/11/09)

Com número recorde de inscritos, o Vestibular 2010 da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aplica neste domingo (15) a prova da 1ª fase, em 24 cidades, a partir das 14h. Esta edição recebeu 55.475 inscrições, número 12,5% superior ao do vestibular passado, quando a Unicamp teve 49.322 inscritos. O recorde anterior havia sido registrado no vestibular de 2005, com 53.756 candidatos. Após a prova, o Virando Bixo trará a resolução feita pelos professores do cursinho pré-vestibular Oficina do Estudante, de Campinas. Estão em disputa 3.444 vagas distribuídas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina e Enfermagem de São José do Rio Preto). A relação candidatos por vaga (c/v) geral passou de 14,4 no ano anterior para 16,1 nesta edição. Medicina, como ocorre desde que a Unicamp desenvolveu seu próprio processo de seleção, é o curso mais concorrido do vestibular, com quase 10 mil candidatos, resultando em pouco menos de 90 candidatos por vaga. Em seguida, vêm as carreiras de Medicina na Famerp (62,5 c/v), Arquitetura e Urbanismo (60,3 c/v), Comunicação Social e Midialogia (37,9), Ciências Biológicas – Integral (35,1 c/v), Engenharia Química – Integral (31,9 c/v), Farmácia (30,2 c/v), Engenharia de Produção (28,2 c/v), Engenharia Civil (27,4 c/v) e Ciências Econômicas – Integral (24,5 c/v). A primeira fase será aplicada em Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos. A prova da primeira fase será composta de uma Redação e 12 questões gerais dissertativas de Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Matemática, e Química. O resultado dessa etapa será divulgado no dia 16 de dezembro.


Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Vestibulando da Unicamp deve manter rotina hoje  (Cosmo On Line – Notícias – 14/11/09)

Quem vai prestar o vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) amanhã (15/11) deve começar a preparar hoje (14/11) o corpo para a prova. As principais dicas para o estudante são que coma em casa, prefira alimentos saudáveis, evite bebidas alcoólicas e comidas gordurosas e durma ao menos oito horas. A revisão de conteúdos deve ser evitada. “O que tinha de ser estudado já foi”, disse a psicopedagoga do cursinho Oficina do Estudante, Daniela Migliorini. Quem pratica esportes deve continuar com a rotina de atividades. Programas de lazer, como idas ao cinema ou passeios com amigos, também são recomendados. “Nada de alterar a rotina demais nem passar a noite na balada”, afirmou Daniela. Para diminuir a possibilidade de sofrer uma intoxicação, o melhor é fazer as refeições de hoje em casa. O jantar pode ter um frango grelhado, uma salada, legumes, arroz e feijão. ‘O ideal é preferir aquilo que facilita a digestão para ter uma boa noite de sono”, ensina a diretora da Faculdade de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Ângela Trentin. Um copo de chá ou leite antes de dormir também ajuda a descansar. O café da manhã antes da prova pode ser normal, com leite, pão integral, suco e frutas e deve-se almoçar amanhã, mesmo que seja cedo.


 Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Vestibulando da Unicamp deve manter a rotina hoje  (Correio Popular – Cidades – 14/11/09)

Quem vai prestar o vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) amanhã deve começar a preparar hoje o corpo para a prova. As principais dicas para o estudante são que coma em casa, prefira alimentos saudáveis, evite bebidas alcoólicas e comidas gordurosas e durma ao menos oito horas. A revisão de conteúdos deve ser evitada. “O que tinha de ser estudado já foi”, disse a psicopedagoga do cursinho Oficina do Estudante, Daniela Migliorini. Quem pratica esportes deve continuar com a rotina de atividades. Programas de lazer, como idas ao cinema ou passeios com amigos, também são recomendados. “Nada de alterar a rotina demais nem passar a noite na balada”, afirmou Daniela. Para diminuir a possibilidade de sofrer uma intoxicação, o melhor é fazer as refeições de hoje em casa. O jantar pode ter um frango grelhado, uma salada, legumes, arroz e feijão. Se for uma pizza, é melhor optar pelas que levam menos queijo e que tenham salada, segundo a diretora da Faculdade de Nutrição da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), Ângela Trentin. “O ideal é preferir aquilo que facilita a digestão para ter uma boa noite de sono”, disse Ângela. Um copo de chá ou leite antes de dormir também ajuda a descansar. O café da manhã antes da prova pode ser normal, com leite, pão integral, suco e frutas e deve-se almoçar amanhã, mesmo que seja cedo. “É essencial comer ao menos duas horas antes da prova para não correr o risco de ter uma queda de açúcar no sangue durante o exame”, disse a nutricionista. O almoço também deve ser o mais saudável possível. Alimentos que possam causar incômodo, como o feijão, devem ser evitados. Para as quatro horas de vestibular, o ideal é levar uma fruta ou uma barra de cereais e líquido, de preferência água. Candidato a uma vaga no curso de engenharia química na Unicamp e em outras universidades, Adans Araújo, de 18 anos, disse que pretende evitar comidas gordurosas e dará prioridade às frutas hoje e amanhã. “Quero estar bem para fazer a prova”, afirmou o estudante, que se sente preparado para o vestibular.

Estratégia

Segundo o coordenador do cursinho Oficina do Estudante, Célio Ricardo Tasinafo, estudantes que são bons leitores se dão bem no vestibular da Unicamp. Como a prova é temática, o candidato deve prestar atenção nas informações que os próprios enunciados disponibilizam. “Sugiro que usem os primeiros 15 a 20 minutos para fazer uma leitura rápida de toda a prova. Os enunciados dão muitos subsídios para as respostas”, disse Tasinafo. Quem costuma se sair melhor na redação, deve fazê-la logo no início e quem tem mais dificuldade em escrever, deve começar pelas questões. “Tem que ganhar confiança durante a prova”, afirmou Tasinafo. Como a redação vale 50% da nota, metade das quatro horas de exame deve ser reservada a ela. O estudante pode optar por escrever uma carta, uma narração ou uma dissertação. O restante do tempo deve ser reservado às questões. “Nos cursos mais concorridos, os corretores só leem a redação se a pessoa tira uma nota mínima nas questões”, disse Tasinafo. Na hora de responder, o segredo é ser objetivo. “Nada de irritar o corretor. O estudante deve ir direto ao assunto. Se pedir para citar, cite. Se pedir para analisar, analise”, afirmou o professor. Letícia Galvão Teodoro, de 19 anos, que presta medicina em várias universidades e dá preferência à Unicamp, está confiante. “Estudei bastante e me sinto preparada”, afirmou. (Fernanda Nogueira de Souza/Da Agência Anhanguera)

Universidade pode adotar testes em 2010

O vestibular da Unicamp deste ano será o último 100% dissertativo. As mudanças ainda estão sendo estudadas, mas já devem começar a valer a partir do processo seletivo do próximo ano. Trata-se de um marco na história da universidade, que mantém apenas questões abertas em todas as suas fases, enquanto a maioria dos grandes vestibulares do País convergiu para um modelo de prova que aposta nas questões objetivas. A partir de 2010, no entanto, a primeira fase deve começar a ter testes. Em disciplinas como matemática e física, em que a resposta da questão é um número, deve haver um cartão em que o candidato marcará os algarismos em quadradinhos destinados a eles (como já acontece na Universidade de Brasília, a UnB). De acordo com Renato Pedrosa, coordenador-executivo da Comvest, a razão para essa alteração é que o vestibular da Unicamp precisa aumentar o número de questões da primeira fase para diminuir o empate técnico dos cursos mais concorridos. O exame vai ficar mais longo, mas o tempo de prova não deve passar de cinco horas. A estrutura da redação, que hoje dá possibilidade de o aluno optar entre uma narrativa, uma dissertação ou uma carta, também está sendo repensada. Outra mudança é a divisão das provas não mais por disciplinas, mas em torno de quatro eixos temáticos: ciências humanas, da natureza, linguagens e matemática. Artes, sociologia e filosofia, que constam entre as disciplinas obrigatórias do Ensino Médio, passariam a fazer parte do exame. Mas, quanto a isso, Pedrosa tranquiliza os alunos: os conceitos dessas matérias serão cobrados “incorporados a outras questões”.


 Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Prova da 1º fase do Unicamp será neste domingo  (BOL – Educação – 14/11/09)

A Umicamp realiza neste domingo a primeira fase do vestibular 2010, quando 55.475 candidatos disputam 3.444 vagas em 24 cidades do país. A universidade oferece vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto). Os candidatos devem consultar no site da Comvest www.comvest.unicamp.br, os locais de prova. O exame será composto por uma redação e 12 questões gerais de biologia, química, física, história, geografia, matemática.
A avaliação será aplicada nas seguintes cidades: Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos. O tempo de prova é de quatro horas e o tempo mínimo de permanência nas salas na primeira e na segunda fase é de 2 horas e 30 minutos. A prova da primeira fase começa às 14h. A orientação é que os candidatos cheguem com uma hora de antecedência, os portões serão fechados às 13h45. Nos Estados onde não há “horário de verão”, a Comvest –responsável pela prova da Unicamp– seguirá o horário local e não o horário de Brasília. O tempo de prova é de quatro horas e o tempo mínimo de permanência nas salas na primeira e na segunda fase é de duas horas e 30 minutos. A Comvest divulga a lista dos candidatos que passaram para a segunda fase no dia 16 de dezembro. Por causa do vazamento da prova do Enem, a Unicamp não vai utilizar a nota do exame no seu vestibular.


Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Unicamp realiza amanhã exames da primeira fase  (O Estado de S.Paulo – Vida& – 14/11/09)

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) realiza amanhã a primeira fase de seu vestibular, em 24 cidades brasileiras. A recomendação é que os candidatos cheguem às 13 horas, pois os portões fecham às 13h45. A prova começa às 14 horas. Os vestibulandos terão quatro horas para responder a 12 questões dissertativas e escrever uma redação. A lista dos aprovados para a segunda fase sai em 16 de janeiro.


 Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Prova da 1º fase do Unicamp será neste domingo  (Folha Online – Educação – 14/11/09)

A Umicamp realiza neste domingo a primeira fase do vestibular 2010, quando 55.475 candidatos disputam 3.444 vagas em 24 cidades do país. A universidade oferece vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Famerp (Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto). Os candidatos devem consultar no site da Comvest www.comvest.unicamp.br, os locais de prova. O exame será composto por uma redação e 12 questões gerais de biologia, química, física, história, geografia, matemática. A avaliação será aplicada nas seguintes cidades: Bauru, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Fortaleza, Goiânia, Jundiaí, Limeira, Mogi-Guaçu, Piracicaba, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santo André, Santos, São Bernardo do Campo, São Carlos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Sumaré e Valinhos. O tempo de prova é de quatro horas e o tempo mínimo de permanência nas salas na primeira e na segunda fase é de 2 horas e 30 minutos. A prova da primeira fase começa às 14h. A orientação é que os candidatos cheguem com uma hora de antecedência, os portões serão fechados às 13h45. Nos Estados onde não há “horário de verão”, a Comvest –responsável pela prova da Unicamp– seguirá o horário local e não o horário de Brasília. O tempo de prova é de quatro horas e o tempo mínimo de permanência nas salas na primeira e na segunda fase é de duas horas e 30 minutos. A Comvest divulga a lista dos candidatos que passaram para a segunda fase no dia 16 de dezembro. Por causa do vazamento da prova do Enem, a Unicamp não vai utilizar a nota do exame no seu vestibular.


Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Unicamp: 4 horas para 12 questões  (Jornal da Cidade de Bauru – Geral – 14/11/09)

Amanhã à tarde, 55.475 estudantes de todo o Brasil deverão participar do vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), um dos mais concorridos do Brasil. Eles disputarão 3.444 vagas em 68 cursos, sendo oito na instituição e dois na Faculdade de Medicina e Enfermagem de São José do Rio Preto (Famerp). Em Bauru e região, 1.682 candidatos estão inscritos para a prova, que será realizada na Instituição Toledo de Ensino (ITE), a partir das 13h . O número atual de candidatos é 21% superior ao do ano passado, quando 1.386 pessoas se inscreveram para a prova na cidade. Na primeira fase, os estudantes terão quatro horas para responder 12 questões dissertativas (referentes a diferentes disciplinas) e ainda elaborar uma redação. O tempo mínimo de permanência nas salas de aula é de duas horas e meia. Professores recomendam aos candidatos que fiquem atentos ao relógio. Para Pedro D’Incao, que dá aula de física em um colégio particular em Bauru, o ideal é o aluno reservar de uma hora a uma hora e meia para a redação. “Numa prova como a da Unicamp, o tempo é crucial.” D’Incao aconselha aos alunos que tentem ser objetivos, concisos e diretos nas respostas das questões. “No vestibular, verborragia não adianta. O examinador sabe quando a pessoa está enrolando”, afirma. Esta pode ser a última vez que os candidatos do vestibular da Unicamp tenham de se submeter a uma prova dissertativa. A comissão responsável pela organização do exame estuda mudanças para as próximas edições do exame, visando adequar o processo seletivo ao novos parâmetros curriculares propostos pelo Ministério da Educação (MEC). Para incluir as disciplinas sugeridas pelo ministério, o Vestibular da Unicamp teria de ser acrescido de novas questões. Isso tornaria a prova dissertativa extensa demais para ser resolvida. A solução seria adotar um exame com questões de múltipla escolha.  Mas ainda não há consenso com relação às alterações propostas. Para entrar em vigor, as mudanças precisam primeiro ser aprovadas pelo Conselho Universitário da instituição. Como em anos anteriores, a medicina da Unicamp é o curso mais procurado do vestibular 2010, com cerca de 10 mil inscritos (90 candidatos por vaga).


 Clique aqui com o botão direito do mouse para baixar imagens. Para ajudar a proteger sua privacidade, o Outlook impediu o download automático desta imagem da Internet.
Vestibular em Jundiaí tem 1.853 inscritos  (Jornal de Jundiaí – Educação – 14/11/09)

Amanhã, 1.853 estudantes deverão prestar o vestibular para a Universidade de Campinas (Unicamp). A prova será realizada no prédio da Unip, no Jardim Hortolândia. O número de inscritos é 15% maior que o do ano passado, quando 1.609 candidatos prestaram o exame. No total, a Unicamp registrou 55.475 inscritos. Eles vão disputar 3.444 vagas em 66 cursos da Unicamp e dois cursos da Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (Famerp). Ao todo, a prova será realizada em 24 cidades do Brasil. A prova da primeira fase inclui a Redação e 12 questões gerais de natureza discursiva: Ciências Biológicas, Física, Geografia, História, Matemática e Química. Dia 16 de dezembro a Comvest divulga a lista dos candidatos que passaram para a segunda fase.