15/03/2012 / Em: Clipping

 


Planejamento é fundamental para vestibulando, diz especialista   (EPTV – Virando Bixo – 13/03/12)

O período letivo de 2012 está apenas no início, mas quem vai prestar vestibular neste ano já deve estar pensando em como otimizar seu tempo. Afinal, é preciso se dedicar aos estudos, mas sem deixar outras atividades do dia a dia, como o lazer e os exercícios físicos, de lado. Nesse sentido, planejamento deve ser a palavra de ordem. “Em todas as atividades, o planejamento é fundamental”, afirma o especialista em vestibulares Célio Tasinafo, diretor pedagógico do cursinho Oficina do Estudante, de Campinas. “Com relação aos estudos, não é diferente”. Célio faz a ressalva de que os estudantes brasileiros, em sua maioria, ainda possuem o hábito de estudar conforme as necessidades imediatas, ou seja, em vésperas de provas. Para ele, falta a preocupação com o desenvolvimento de habilidades e competências que ultrapassem a mera assimilação e utilização de informações como fórmulas, regras e dados factuais. E faz um alerta: “Para vencer as desafiadoras concorrências dos vestibulares, o jovem necessita possuir conteúdos, habilidades e competências relacionadas à análise e à interpretação de textos, gráficos, tabelas e mapas, por exemplo”. Deste modo, ressalta o especialista, o estabelecimento de uma rotina de estudos organizada e consequente é fundamental. Em primeiro lugar, o vestibulando deve definir, bem claramente, os horários que serão dedicados aos estudos em cada dia da semana. Nessa conta, não devem ser considerados os horários passados em aula. “Divida esses horários dedicando mais tempo às disciplinas e conteúdos nos quais você possui maiores dificuldades”, aconselha Célio. “É importante estudar aquilo que você sabe menos, mas que pode ser cobrado no exame para o qual você está se preparando de forma prioritária”. Porém, nenhuma disciplina deve ser esquecida, já que a maioria absoluta das provas exige domínio abrangente em todas as áreas do conhecimento. “Evidente que as disciplinas prioritárias ao curso escolhido devem receber atenção especial, mas as outras não podem ser negligenciadas”, pondera o professor. Outra dica importante é reservar um horário semanal para leitura de textos sobre atualidades e outro período para ler as obras obrigatórias do principal vestibular que o estudante irá realizar. O aluno também deve ter em mente que a produção de textos é fundamental. “Toda grade semanal de estudos deve contemplar a elaboração de uma redação”, salienta Célio.O vestibulando deve sempre usar seus horários de estudo para fazer, prioritariamente, exercícios. “Ninguém bate recordes sem treinar, e o treino do estudante só pode se fundamentar na resolução de exercícios, principalmente de questões que já foram cobradas em vestibulares anteriores”, indica o diretor pedagógico. Ele lembra que é importante ainda elaborar um plano de estudos que permita que o aluno se prepare adequadamente para os vestibulares, sem abrir mão de atividades de lazer. “Dividindo de forma equilibrada seus horários, há espaço para tudo”, garante.