16/09/2010 / Em: Clipping

 


vc repórter: Unicamp de Limeira recebe visita de vestibulandos  (Terra – Educação – 15/09/10)

Na próxima terça-feira, dia 21, a Faculdade de Tecnologia da Unicamp, em Limeira, no interior de São Paulo, abre suas portas para receber alunos do ensino médio que pretendem prestar o exame vestibular para ingressar na instituição. O evento se estende das 9h às 21h.



Unicamp promove oficinas para professores sobre seu vestibular  (IG – Último Segundo – 15/09/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) irá realizar oficinas sobre as provas do vestibular para professores do ensino médio e de cursinhos preparatórios para vestibulares. Os interessados podem se inscrever entre os dias 20 e 24 de setembro (segunda à sexta-feira) das 9h do dia 20/9 até as 17h do dia 24/9, exclusivamente no site da Comvest. A taxa de inscrição é de R$ 30. O evento será realizado dia 8 de outubro, a partir das 14h, no campus da Unicamp em Campinas.



Racismo no Brasil  (Diário de Cuiabá – Artigos – 16/09/10)

Discutir racismo no Brasil é, no mínimo, “chover no molhado”: Qual é o antepassado do “verdadeiro brasileiro”? Indígena (os primeiros povos a habitar a terra do ‘Pau Brasil’)? Os negros (que foram trazidos para trabalhar como escravos e, ainda, serviram de mercadoria para seus senhores)? Os portugueses (que detém o status de descobridores desta terra)? Porém, pode ser a miscigenação de todas as raças, como vemos hoje? Afinal de contas, aqui se instalaram povos de todos os lugares do mundo. Portugueses, espanhóis, alemães, franceses, japoneses, árabes e, ultimamente, peruanos, bolivianos, paraguaios, uruguaios e até argentinos vivem neste país que hospitaleiro até demais com os estrangeiros e, muitas vezes, hostil com sua população. O que existe no Brasil é muito racismo camuflado e que todo mundo faz questão de não enxergar. Os alvos, mesmo que inconscientemente, sempre são os mesmos: negros, mestiços, nordestinos, pessoas fora do padrão da moda, ou seja, obesos, magrelas, altos demais, baixos ou anões e, principalmente, os mais pobres sofrem com a discriminação e não conseguem emprego, estudo, dignidade e respeito. Estes não têm vez na sociedade brasileira!  Para exemplificar isso, basta visitar as faculdades, os pontos de encontro (como bares, danceterias, teatros e cinemas) ou, até mesmo, verificar o revés da história, ou seja, favelas e presídios.



Cotil de Portas Abertas abre espaço para estudantes  (Gazeta de Limeira – Local – 16/09/10)

O Colégio Técnico de Limeira (Cotil) realiza, entre amanhã e sábado, mais uma edição do Cotil de Portas Abertas (Copa), oportunidade que os candidatos aos cursos da escola têm para conhecer as dependências do local e participar de palestras com monitores e professores. De acordo com o diretor geral do Cotil, Paulo Sérgio Saran, os visitantes podem conhecer os laboratórios e instalações, além de conversar com professores e tirar dúvidas sobre os cursos oferecidos. “É uma oportunidade de conhecer o colégio e sair melhor orientado para prestar vestibulinho”, comentou. O Cotil oferece, além do ensino médio, os cursos de Construção Civil, Enfermagem, Geomática, Informática, Mecânica e Qualidade e Produtividade. O Copa funcionará das 9h às 12h, amanhã e sexta, e das 9h às 13h, no sábado. A escola interessada em levar alunos deve entrar em contato com o colégio pelo e-mail exameselecao@cotil.unicamp.br, ou pelos telefones 2113-3497 ou 2113-3378.