17/05/2010 / Em: Clipping

 


Unicamp divulga prova do simulado do novo vestibular (Globo – G1 Vestibular – 17/05/10)

Já está disponível para consulta, na página da Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), a prova do simulado da primeira fase do novo vestibular da universidade. O objetivo de aplicar e divulgar um piloto da prova, segundo a Comvest, é familiarizar os candidatos com o novo formato do vestibular, que vai mudar, depois de 24 anos. Os participantes foram escolhidos por meio de um sorteio eletrônico. A Comvest recebeu 16 mil inscrições e sorteou 1.280 participantes.



Unicamp faz 1ª fase de novo vestibular   (Correio Popular – Cidades – 15/05/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares (Comvest) realiza amanhã o simulado da primeira fase do novo vestibular da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Cerca de 1,2 mil estudantes que foram escolhidos por meio de um sorteio entre os inscritos farão a prova com o novo formato. O simulado será realizado no Ciclo Básico II da universidade e a Comvest pede que os estudantes cheguem ao local com uma hora de antecedência ao início da prova. O simulado está marcado para às 13h30. Os portões serão fechados às 13h e não será permitida a entrada após esse horário. Os estudantes poderão deixar o local de exame após 3h30 do início da prova e a comissão permitirá que os participantes levem uma cópia do cartão de respostas após o simulado. Segundo a Comvest, o novo modelo do vestibular nacional da Unicamp, aprovado no final do ano passado, é composto de duas partes com 48 questões de múltipla escolha, que formam a parte de conhecimentos gerais, além da redação, na qual os participantes terão que elaborar três textos de gêneros diversos. A duração da prova será de cinco horas. Até o ano passado, a primeira fase do vestibular era composta de 12 questões dissertativas e uma redação, em que o candidato selecionava uma de três propostas — dissertação, narrativa ou carta — e fazia apenas um texto. O gabarito das 48 questões estará disponível para consulta na segunda-feira, no site da Comvest, no www.comvest.unicamp.br. As notas serão divulgadas a partir do dia 15 de junho. Também a partir desta data, serão divulgados exemplos de textos da prova de redação produzidos durante o simulado, com comentários. As inscrições para o vestibular Unicamp 2011 serão realizadas no período de 23 de agosto a 8 de outubro, exclusivamente na página eletrônica da Comvest.



Unicamp divulga gabarito e caderno de questões do simulado do vestibular 2011   (UOL – Vestibular – 17/05/10)

A Comvest (Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp) divulgou, nesta segunda-feira (17), o gabarito e o caderno de questões do simulado do vestibular 2011, aplicado neste domingo (16). Foram convocados para o exame 1.280 estudantes. A avaliação era reservada para estudantes que estão cursando o ensino médio ou que tenham se formado nos últimos dois anos e seguiu o novo formato da primeira fase, que já estará em vigor neste ano. Segundo o novo modelo, aprovado no final de 2009, o exame terá duas partes: 48 questões de múltipla escolha, que formam a parte de conhecimentos gerais, e a parte de redação, na qual os participantes serão solicitados a elaborar três textos de gêneros diversos.



Unicamp divulga prova e gabarito do simulado do vestibular  (Terra – Vestibular – 17/05/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou em seu site a prova e as respostas corretas do simulado do novo vestibular da instituição realizado no último domingo, dia 16 de maio. Confira o gabarito e a prova. As inscrições para o simulado foram realizadas por meio do site da Comvest, mas somente os candidatos escolhidos por sorteio eletrônico puderam realizar a prova. A Comissão recebeu 16 mil inscrições e sorteou 1.280 participantes.



Unicamp divulga gabarito do simulado  (IG – Último Segundo/Educação – 17/05/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou nesta segunda-feira as questões e o gabarito do simulado da primeira fase do novo vestibular da universidade. A prova foi realizada no último domingo por 1.128 inscritos (88,1%) . Veja as questões e o gabarito. A partir de 15 de junho serão divulgados, também, exemplos de textos da prova de redação produzidos durante o simulado, com comentários da banca. Os participantes também terão acesso, individualmente, às notas que obtiveram no exame. O objetivo de aplicar e divulgar um piloto da prova é familiarizar os candidatos com o novo formato do vestibular, que vai mudar, depois de 24 anos. Agora são 48 questões de múltipla escolha de conhecimentos gerais e a redação, em que o candidato deve elaborar três textos de gêneros diversos.



Unicamp divulga simulado com no vo modelo de prova  (O Estado de S.Paulo – Educação.Edu – 17/05/10)

A Unicamp fez ontem seu primeiro simulado, com o novo modelo da prova que será adotado este ano no vestibular. A partir do próximo processo seletivo, o candidato deve produzir três textos de gêneros diferentes e responder 48 questões de múltipla escolha. O tempo de duração da prova da primeira fase passará de quatro para cinco horas. Em 15 de junho, será divulgado o resultado final do simulado para os participantes. 

Comvest oferece oficina de redação  (O Estado de S.Paulo – Vida& – 17/05/10)

Estao abertas as inscrições para a oficina “A redacao no vestibular Unicamp”, sobre as caracteristicas da nova prova de redacao no processo seletivo. Os interessados devem se inscrever no site comvest.unicamp.br, ate as 17 horas de sexta-feira, dia 21. A taxa e de R$ 40. A oficina sera realizada em dois dias, 19 e 26 de junho, das 9 as 13 horas, no campus da universidade, em Campinas.



Unicamp disponibiliza prova do simulado da 1ª fase (EPTV – Virando Bixo – 17/05/10)

A Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) disponibilizou para consulta a prova do simulado da primeira fase do novo vestibular. O simulado aconteceu neste domingo (16), com o objetivo de familiarizar os candidatos com o novo formato do vestibular, que vai mudar depois de 24 anos. Foram registradas 16 mil inscrições para o simulado. Entre os inscritos, foram sorteados 1.280 para participar. O gabarito das 48 questões será divulgado nesta segunda (17) e os exemplos de textos da prova de redação produzidos durante o simulado, com comentários da banca, serão divulgados a partir do dia 15 de junho.



Comvest divulga gabarito do simulado da Unicamp (Cosmo On Line – Notícias/Educação – 17/05/10)

1.128 inscritos (88,1%) fizeram a prova do simulado da primeira fase do novo Vestibular Unicamp, promovido pela Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp no último domingo (16/5), de forma inédita. O objetivo de aplicar e divulgar um piloto da prova é familiarizar os candidatos com o novo formato do vestibular, que vai mudar, depois de 24 anos. Os participantes foram escolhidos por meio de um sorteio eletrônico. A Comvest recebeu 16 mil inscrições. Para aqueles que desejarem, a Comvest já está disponibilizando a prova do simulado com o gabarito das 48 questões da parte de Conhecimentos Gerais em sua página eletrônica www.comvest.unicamp.br.



Unicamp divulga prova do simulado do novo vestibular 2011  (Globo On Line – Vestibular – 17/05/10)

A Unicamp divulgou, nesta segunda-feira (17), o gabarito e o caderno de questões do simulado do novo vestibular 2011, aplicado neste domingo (16). Foram convocados para o exame 1.280 estudantes. O objetivo de aplicar e divulgar um piloto da prova, segundo a Comvest, é familiarizar os candidatos com o novo formato do vestibular, que vai mudar, depois de 24 anos. Os participantes terão acesso, individualmente, às notas que obtiveram no exame, a partir do dia 15 de junho. 



Divulgado gabarito e prova de simulado do vestibular  (Tribuna de Santos – Educação – 17/05/10)

Já estão disponíveis para consulta a prova e o gabarito do simulado da primeira fase do novo vestibular Unicamp. No domingo, 1.128 inscritos (88,1%) fizeram o exame. As notas individuais e exemplos de textos da prova de redação serão divulgados a partir do dia 15 de junho, com comentários da banca. O simulado, que recebeu 16 mil inscrições, foi uma oportunidade para os estudantes se familiarizarem com o novo formato da prova, que mudará após 24 anos.



Inscrições abertas para a Oficina “A Redação no Vestibular Unicamp”  (Sejabixo – Mural – 17/05/10)

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) abriu as inscrições para a oficina “A Redação no Vestibular Unicamp”. A oficina apresentará a nova prova da Redação, que será aplicada a partir do próximo vestibular. Os interessados deverão fazer a inscrição exclusivamente no site www.comvest.unicamp.br, até as 17 horas do dia 21 de maio. Este ano, a oficina será oferecida em dois sábados e o participante poderá escolher a data em que quer participar: 19 ou 26 de junho. A taxa de inscrição é de 40 reais. A oficina será realizada das 09 às 13 horas, no campus da Unicamp, em Campinas.



Ainda desigual (Folha de S.Paulo – Opinião – 17/05/10)

É ANIMADOR constatar que a renda de negros e mulatos cresceu 222% em oito anos, de 2002 a 2010, como noticiou a Folha. No mesmo período, a renda das famílias, em geral, progrediu menos, 143%, e a do restante da população (excluindo negros e mulatos), 109%, segundo o Data Popular, instituto responsável pelo levantamento. O instituto fala em “negros e pardos”. É uma variante da nomenclatura do IBGE, que diferencia “pretos” e “pardos”. Militantes a favor de políticas afirmativas costumam agrupar as duas categorias sob a noção geral de “negros”, o que obscurece o contínuo de cores resultante da miscigenação no Brasil. A Folha dá preferência aos termos “negros” e “mulatos”. Segundo a pesquisa, a população negra (nesse conceito mais amplo, que inclui os mestiços) tem hoje fatia proporcionalmente maior da massa de renda familiar no país. Eram 30% há oito anos; agora são 40%. O fenômeno é corroborado por estudo do Ipea, ligado ao governo: enquanto a renda média do trabalhador cresceu à taxa de 7,6% entre 2002 e 2008, a dos “não brancos” avançou 17,9%.
É preciso ponderação, contudo, ao interpretar as cifras. Antes de mais nada, porque o contingente de negros e mulatos na população vem aumentando. Em 1998, os dois grupos somavam 45%; em 2002, 46%; agora, representam 51%. Não estranha que se beneficiem de uma parcela maior da renda. Além disso, dos 10% dos brasileiros com menor renda, 74% se declaram pretos ou pardos ao IBGE. Como o aumento da renda tem beneficiado em especial os trabalhadores na base da pirâmide, por meio de políticas como a de valorização do salário mínimo, é possível que negros e mulatos estejam progredindo no mesmo passo dos outros pobres. Não se deve desprezar, ainda, a importância do seu acesso à universidade. De 1998 a 2008, a proporção de negros e mulatos no ensino superior quase dobrou, de 18% para 34%. Cotas sociais e distribuição de renda contribuem para melhorar a situação socioeconômica de negros e mulatos sem a necessidade de consagrar, na lei, uma separação racial que não existe para a ciência e afronta o princípio constitucional da igualdade. Seria um erro, contudo, deixar de reconhecer que a melhora está distante de eliminar a desigualdade que os aflige. O salário médio desse contingente da força de trabalho ainda representa cerca da metade do percebido por brancos. E três quartos dos trabalhadores libertados de situações análogas à escravidão são negros ou mulatos. Seu acesso a bens de consumo tem avançado, mas isso apenas mitiga a desigualdade: 11,2% deles usam internet, contra 28,5% dos brancos. Não se trata de saldar uma dívida com descendentes de africanos e brasileiros submetidos às agruras da escravidão. Trata-se de dar perspectivas para jovens negros e mulatos ainda desconectados, em larga medida, dos meios para se realizarem como trabalhadores e cidadãos.