21/02/2011 / Em: Clipping

 


MELCHIADES FILHO

Cota merecida  (Folha de S.Paulo – Opinião – 21/02/11)

No momento em que o debate sobre o sistema de cotas patina no Congresso, a Universidade de Campinas prepara um salto nos projetos de ação afirmativa: a introdução firme da meritocracia como critério de concessão de benefícios. Começam no mês que vem as aulas da primeira turma do ProFis, programa que destina 120 vagas para estudantes do sistema público do município paulista. O critério de escolha é a nota no Enem. O melhor aluno de cada escola pública da cidade tem matrícula garantida. Simples. Nada de vestibular, análise curricular, avaliação de patrimônio etc. Se o primeiro colocado numa escola abrir mão, a chance é passada ao segundo -e assim por diante. Os inscritos terão dois anos de aulas nas áreas de humanas, exatas e biológicas, além de cursos de informática e inglês. Serão 1.600 horas em classe. Quem enfrentar dificuldades terá a ajuda de monitores. Trata-se de um colchão multidisciplinar para capacitar esses egressos do sistema público para a etapa seguinte do ProFis: a matrícula instantânea em qualquer um dos cursos regulares da Unicamp, de acordo com a preferência do aluno. O projeto não tira o lugar de ninguém. Serão criadas vagas adicionais para acolher os que terminarem o primeiro ciclo e quiserem/puderem continuar os estudos. Para estimular que o escolhido cumpra os dois primeiros anos, o ProFis distribuirá vale-transporte, auxílio-alimentação e uma bolsa pouco acima do salário mínimo. A ideia nasceu de um diagnóstico inquietante. Nos vestibulares de 2008 e 2009, 70% das escolas públicas de Campinas não conseguiram colocar nem um aluno sequer na maior universidade local. Hoje, mais de 70% das universidades federais e estaduais públicas do país já oferecem algum programa de inclusão. A ação afirmativa é realidade. O desafio é aprimorá-la -e, de preferência, associá-la ao ensino médio público. A iniciativa da Unicamp mostra um caminho.



Aprovados na Unicamp devem confirmar matrícula nesta segunda  (Globo.Com – G1 Vestibular – 21/02/11)

Aprovados na primeira e da segunda chamadas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), inclusive aqueles que aguardam remanejamento, devem confirmar matrícula nesta segunda-feira (21), das 9h às 16h, nos respectivos campi. Os alunos ingressantes em cursos ministrados no período noturno poderão confirmar a matrícula das 18h às 21h. Para confirmar a matrícula é necessário apresentar o documento de identidade. Na impossibilidade de comparecimento do candidato, a confirmação poderá ser feita por procuração simples, se o candidato for maior de 18 anos; ou por instrumento público e com assistência de um dos pais ou responsável legal, se o candidato tiver menos de 18 anos. Interessados em compor a lista de espera devem preencher a declaração até as 17h (horário de Brasília) desta segunda-feira.



Unicamp 2011: candidatos devem declarar interesse por vaga até esta segunda-feira  (UOL – Vestibular – 21/02/11)

Termina nesta segunda-feira (21) o prazo para declaração de interesse por vagas do vestibular 2011 da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Candidatos que fizeram a 2ª fase, não foram eliminados por nota zero e não tenham sido convocados para alguma de suas opções até a 2ª lista devem preencher o formulário disponível no  www.comvest.unicamp.br até as 17h (horário de Brasília) de hoje.  Quem não declarar interesse será eliminado do processo de convocação para as próximas chamadas. Vestibulandos matriculados em 2ª opção e que desejarem solicitar remanejamento devem observar as seguintes regras:



Ensino médio: a pior etapa da educação do Brasil  (IG – Educação – 21/02/11)

Há duas avaliações possíveis em relação à educação brasileira em geral. Pode-se ressaltar os problemas apontados nos testes nacionais e a má colocação do País nos principais rankings internacionais ou olhar pelo lado positivo, de que o acesso à escola está perto da universalização e a comparação de índices de qualidade dos últimos anos aponta uma trajetória de melhora. Já sobre o ensino médio, não há opção: os dados de abandono são alarmantes e não há avanço na qualidade na última década. Para entender por que a maioria dos jovens brasileiros entra nesta etapa escolar, mas apenas metade permanece até o fim e uma pequena minoria realmente aprende o que deveria, o iG Educação apresenta esta semana  uma serie de reportagens sobre o fracasso do ensino médio. O problema é antigo, mas torna-se mais grave e urgente. As tecnologias reduziram os postos de trabalho mecânicos e aumentaram a exigência mínima intelectual para os empregos. A chance de um jovem sem ensino médio ser excluído na sociedade atual é muito maior do que há uma década, por exemplo. “Meus pais só fizeram até a 5ª série, mas eram profissionais bem colocados no mercado. Hoje teriam pouquíssimas e péssimas chances”, resume Wanda Engel, superintendente do Instituto Unibanco, voltado para pesquisas educacionais. Ao mesmo tempo, a abundância de jovens no País está com tempo contado, segundo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). O Brasil entrou em um momento único na história de cada País em que há mais adultos do que crianças e idosos. Os especialistas chamam o fenômeno de bônus demográfico, pelo benefício que traz para a economia. Para os educadores, isso significa que daqui para frente haverá menos crianças e adolescentes para educar. “É agora ou nunca”, diz a doutoranda em Educação e presidente do Centro de Estudos e Memória da Juventude, Fabiana Costa. “A fase do ensino médio é crucial para ganhar ou perder a geração. Ali são apresentadas várias experiências aos adolescentes. Ele pode se tornar um ótimo cidadão pelas décadas de vida produtiva que tem pela frente ou cair na marginalidade”, afirma.



Universidades divulgam 2ª e 3ª chamadas do vestibular (O Estado de S.Paulo – Vida& – 21/02/11)

As principais universidades públicas de São Paulo estão divulgando suas listas de segunda e terceira chamadas. A FUVEST matricula os calouros chamados na segunda lista hoje. Mais informações: www.fuvest.br. Na Unicamp, a terceira chamada será divulgada na quarta-feira. Mais informações pelo site www.comvest.unicamp.br. Na Unifesp, as matrículas devem ser feitas somente amanhã, nas cidades de São Paulo,Guarulhos e Diadema. A terceira chamada sai na sexta-feira.Mais informações: http://vestibular.unifesp.br. A terceira chamada da Unesp será publicada hoje. Os convocados deverão se matricular na quinta-feira. Mais informações: www.vunesp.com.br.



Convocados da Unicamp devem confirmar matrícula  (EPTV – Virando Bixo – 21/02/11)

Aprovados na primeira e da segunda chamadas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), inclusive aqueles que aguardam remanejamento, devem confirmar matrícula nesta segunda-feira (21), das 9h às 16h, nos respectivos campi. Os alunos ingressantes em cursos ministrados no período noturno poderão confirmar a matrícula das 18h às 21h. Para confirmar a matrícula é necessário apresentar o documento de identidade. Na impossibilidade de comparecimento do candidato, a confirmação poderá ser feita por procuração simples, se o candidato for maior de 18 anos; ou por instrumento público e com assistência de um dos pais ou responsável legal, se o candidato tiver menos de 18 anos. Unicamp disponibiliza as notas dos candidatos no vestibular 2011Interessados em compor a lista de espera devem preencher a declaração até as 17h (horário de Brasília) desta segunda-feira. A terceira chamada de convocados será divulgada na próxima quarta-feira (23). Estão previstas onze chamadas no total. Podem declarar interesse os candidatos que fizeram a segunda fase do vestibular, não foram eliminados por nota zero e que não tenham sido convocados para alguma de suas opções, inclusive na segunda chamada. O candidato que não confirmar a matrícula na segunda opção, perde essa vaga, porém se ainda quiser continuar concorrendo à vaga de primeira opção, precisa obrigatoriamente declarar de interesse. Neste caso, precisará, se convocado futuramente, efetuar nova matrícula.



Unicamp recebe declarações de interesse para próximas chamadas até esta segunda-feira  (Globo On Line – Vestibular – 21/02/11)

Estudantes que fizeram o vestibular 2011 da Unicamp, mas não conseguiram uma vaga, têm até às 17h desta segunda-feira (21) para registrar o interesse em participar das próximas reclassificações. Podem participar todos os candidatos que fizeram a segunda fase, não foram eliminados por nota zero e não tenham sido convocados para alguma de suas opções até a segunda chamada.