23/05/2018 / Em: Clipping

 

Unicamp vai cobrar álbum dos Racionais no vestibular 2020 (Exame – Brasil – 23/05/2018)

Álbum Sobrevivendo no Inferno, do clássico “Diário de um detento”, passou a integrar a lista de leituras obrigatórias para o vestibular

 

São Paulo – A Universidade de Campinas (Unicamp) vai exigir de seus vestibulandos em 2020 a leitura das letras de músicas do álbum “Sobrevivendo no inferno”, lançado em 1997 pela banda de rap Racionais MC’s. A obra deverá ser lida pelos estudantes na íntegra, e a Unicamp indicou os links para o álbum tanto no Spotify quanto no YouTube. Todos os anos, a Unicamp pede a leitura de 12 obras dos mais variados gêneros (o álbum dos Racionais foi classificado como poesia), e a cada ano algumas delas são substituídas por outras novas. Também passaram a integrar a lista de leituras obrigatórias de 2020 o romance “A Falência”, de Júlia Lopes de Almeida, e a crônica “A cabra vadia”, de Nelson Rodrigues. Em nota, a universidade ressaltou que “a lista não é a mesma para o Vestibular Unicamp 2019, que ocorre ainda este ano”. “As obras inseridas para o Vestibular 2020 possuem relevância estética, cultural e pedagógica para a formação dos estudantes do ensino médio”, fiz a universidade.

Veja a lista dos livros do vestibular 2020:

  • Sonetos selecionados de Luís de Camões
  • Sobrevivendo no inferno, de Racionais MC’s
  • A teus pés, de Ana Cristina César
  • Sagarana, de Guimarães Rosa
  • O espelho, de Machado de Assis
  • O bem-amado, de Dias Gomes
  • A Falência, de Júlia Lopes de Almeida
  • Caminhos cruzados, de Érico Veríssimo
  • História do cerco de Lisboa, de José Saramago
  • Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus
  • A cabra vadia, de Nelson Rodrigues
  • Sermões selecionados de Antonio Vieira

Veja a lista dos livros do vestibular 2019:

  • Sonetos selecionados de Luís de Camões
  • Poemas negros, de Jorge de Lima
  • A teus pés, de Ana Cristina César
  • Sagarana, de Guimarães Rosa
  • O espelho, de Machado de Assis
  • Laços de família, de Clarice Lispector
  • O bem-amado, de Dias Gomes
  • Coração, cabeça e estômago, de Camilo Castelo Branco
  • Caminhos cruzados, de Érico Veríssimo
  • História do cerco de Lisboa, de José Saramago
  • Quarto de despejo, de Carolina Maria de Jesus
  • Sermões selecionados de Antonio Vieira

 

 


O Racionais entrou na lista de obras obrigatórias do vestibular da Unicamp (VICE – Noisey – 23/05/2018)

Será um prenúncio do Nobel da Literatura para o Mano Brown?

 

Quem tem a paciência de me seguir nas redes sociais sabe que há anos eu faço campanha (tímida, é verdade, mas constante) pela entrega do Prêmio Nobel da Literatura para o Mano Brown — não é brincadeira, nunca foi, e ficou mais sério ainda depois que o Bob Dylan faturou o dele em 2016. Não só por isso, mas também, fiquei muito animado com a adoção do álbum Sobrevivendo no Inferno como uma das obras de leitura obrigatória para o vestibular da Unicamp em 2020. Rap nacional caindo em prova ou vestibular não é novidade — além de música ser um chamariz clássico para engajar aluno (até o Againe já caiu em exercício de apostila), os temas abordados pelo rap brasileiro podem ajudar bastante no momento de refletir sobre as realidades socioeconômicas do Brasil. Porém a entrada de um álbum inteiro como leitura obrigatória em vestibular, além de ser rara (a UFRGS já pediu como “leitura” os discos Tropicalia e Elis & Tom , mas MPB é mais chique, né?) é mais um passo na consolidação da noção de que, além de rap ser cultura, rimadores como Mano Brown podem começar a serem considerados tão canônicos quanto nomes como Machado de Assis, e que o rap pode ser visto numa chave estética própria. Ou seja, minha campanha pelo Nobel do Brown tem futuro. Ri, mas num desacredita não.

 

 


Com álbum do Racionais como obra obrigatória, Unicamp divulga lista de leitura para o vestibular 2020 (G1 – Campinas e região – 23/05/2018)

Relação completa tem 12 obras e foi publicada por comissão organizadora nesta quarta-feira. Disco ‘Sobrevivendo no inferno’ é uma das novidades; lista também tem Nelson Rodrigues.

 

A Unicamp divulgou na tarde quarta-feira (23) a lista de livros obrigatórios para o vestibular 2020. De acordo com a comissão responsável pela organização do exame (Comvest), a relação formada por 12 obras de autores das literaturas brasileira e portuguesa inclui três novidades. Entre elas estão Sobrevivendo no inferno (Racionais Mc’s); A falência (Júlia Lopes de Almeida) e A cabra vadia (Nelson Rodrigues). Leia mais

 

 


Unicamp publica relação de livros do Vestibular 2020 (Super Vestibular – Notícias – 23/05/2018)

Entre as obras exigidas, está a música “Sobrevivendo ao inferno” dos Racionais MC’s

 

A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) anunciou nesta quarta-feira, 23 de maio, a lista de obras que serão exigidas no Vestibular 2020. Há conteúdos de relevância estética, cultural e pedagógica. De acordo com a Comvest, organizadora do vestibular, serão cobrados romance, poesia, peça teatral, conto, diário, letras de música, entre outros gêneros, para que o vestibulando amplie seu campo de estudos, sem sobrecarregá-lo no volume de leituras.

Confira obras Vestibular 2020 Unicamp:

Poesia

  • Sonetos de Luís de Camões
  • Sobrevivendo ao inferno: Racionais MC’s
  • A teus pés: Ana Cristina Cesar

Conto

  • Sagarana: Guimarães Rosa
  • O espelho: Machado de Assis

Teatro

  • O bem amado: Dias Gomes

Romance

  • A falência: Júlia Lopes de Almeida
  • Caminhos Cruzados: Érico Veríssimo
  • História do Cerco de Lisboa: José Saramago

Diário

  • Quarto de despejo: Carolina Maria de Jesus

Crônica

  • A cabra vadia: Nelson Rodrigues

Sermões

  • Sermões de Antônio Vieira

Unicamp 2019

As obras que vão cair no vestibular deste ano já foram divulgadas e podem ser conferidas aqui. A primeira fase ocorrerá no dia 18 de novembro e a segunda em 13, 14 e 15 de janeiro de 2019.

 

 


Disco dos Racionais MCs entra na lista do vestibular da Unicamp (OGlobo – Cultura – 23/05/2018)

‘Sobrevivendo no inferno’ divide espaço com obras de Camões e Ana Cristina Cesar

 

RIO — Divulgada no início da tarde desta quarta-feira, a lista de obras de leitura obrigatória para o vestibular 2020 da Unicamp teve a inclusão de alguns títulos, mas um deles chama especial atenção: o disco “Sobrevivendo no inferno”, do grupo paulistano Racionais MCs, entrou na categoria poesia, ao lado de “A teus pés”, da escritora Ana Cristina Cesar, e de sonetos de Luís de Camões.

— “Sobrevivendo no inferno” é um ótimo livro de história — comemorou KL Jay, DJ do grupo, o primeiro integrante a ficar sabendo da novidade. Segundo a assessoria dos Racionais (que anunciaram uma pausa na carreira em fevereiro), “todos gostaram muito” da notícia.

De acordo com o site da Unicamp, “a nova lista de obras inclui romance, poesia, peça teatral, conto, diário, e letras de música, entre outros gêneros, a fim de levar o vestibulando a ampliar o seu campo de estudos, sem sobrecarregá-lo no volume de leituras. (…) As obras inseridas para o Vestibular 2020 possuem relevância estética, cultural e pedagógica para a formação dos estudantes do ensino médio”.

— Nos chamou a atenção a questão da valorização da cultura da periferia proposta pelo disco — explicou o professor José Alves de Freitas Neto, coordenador executivo do Vestibular Unicamp. — É uma obra que traz o olhar ácido e crítico dos Racionais e continua relevante. E ela mescla várias referências, o que é uma característica da literatura, trazer referências de outros discursos. Lançado em 1997, “Sobrevivendo no inferno” é considerado o marco da consolidação do rap no Brasil — o álbum teve mais de um milhão de cópias vendidas, com letras que denunciavam o racismo e a falta de perspectivas para quem vive na favela. É a primeira vez que o vestibular da Unicamp inclui em sua lista de leituras obrigatórias uma obra musical.

— Podemos (incluir outros álbuns no futuro), sim. O Brasil tem uma cultura musical muito forte e acho que podíamos valorizar mais essa extensão que a literatura permite. Uma característica do nosso vestibular é a multiplicidade de linguagem — afirmou o coordenador.

 

 


Unicamp 2020: Racionais MC’s integram lista de leitura obrigatória (Virando Bixo – Notícias – 23/05/2018)

Relação divulgada pela Comvest também inclui Nelson Rodrigues e Júlia Lopes de Almeida, uma das fundadoras da Academia Brasileira de Letras

 

A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) divulgou a lista de obras em língua portuguesa, cuja leitura é obrigatória para candidatos ao Vestibular Unicamp 2020. A lista mantém o mesmo número de 12 obras da anterior. As obras são de diferentes gêneros e extensões, de autores das literaturas brasileira e portuguesa.  São três obras novas: Sobrevivendo no inferno de Racionais Mcs, A falência, de Júlia Lopes de Almeida e A cabra vadia, de Nelson Rodrigues. A lista para o Vestibular Unicamp 2020 é diferente da lista do Vestibular Unicamp 2019, que ocorre este ano. Consulte as duas listas no site da Comvest. Leia mais

 

 


Unicamp coloca álbum dos Racionais na lista de obras obrigatórias (Estadão – Notícias – 23/05/2018)

Leitura das músicas de ‘Sobrevivendo no inferno’ será exigida no vestibular 2020; veja a relação completa

 

SÃO PAULO – A Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) divulgou nesta quarta-feira, 23, a lista de obras obrigatórias para o vestibular 2020 da instituição. Entre as novidades está a inclusão do álbum Sobrevivendo no inferno, do grupo de rap Racionais Mc’s. Lançado em 1997, Sobrevivendo do Inferno foi o segundo álbum da banda formada por  Mano Brown, Edi Rock, Ice Blue e DJ KL Jay, e contém clássicos dos Racionais, como Capítulo 4, versículo 3 e Diário de um detento. No vestibular, a obra fará parte do gênero poesia. Os candidatos terão que ler na íntegra as letras das 12 músicas que compõem o álbum. Além de Sobrevivendo no inferno, há duas novas obras em relação ao vestibular 2019: o romance A falência, de Júlia Lopes de Almeida; e a coletânea de crônicas A cabra vadia, de Nelson Rodrigues. A Comissão Permanente para os Vestibulares da Unicamp (Comvest) informou, em nota, que “a cada ano, a Unicamp renova parcialmente as obras que compõem a lista, para permitir o planejamento do professor e, ao mesmo tempo, acompanhar a dinâmica própria do sistema de ensino, cujo público se renova todos os anos”. “A nova lista de obras inclui romance, poesia, peça teatral, conto, diário, e letras de música, entre outros gêneros, a fim de levar o vestibulando a ampliar o seu campo de estudos, sem sobrecarregá-lo no volume de leituras”, declarou a Comvest. Leia mais

 

 


Racionais MC’s vira leitura obrigatória para vestibular da Unicamp (Folha de São Paulo – Educação – 23/05/2018)

Essa é a primeira vez que um disco de música é recomendado para a prova

 

Uma das mais importantes instituições de ensino do país, a Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) incluiu entre as obras de leitura obrigatória para o vestibular 2020 o álbum “Sobrevivendo no Inferno”, clássico dos Racionais MC’s. É a primeira vez que um disco de música é recomendado para a prova. O grupo de rap está na categoria poesia ao lado de sonetos do português Luís de Camões e de “A Teus Pés”, primeiro e único livro lançado em vida pela poetisa carioca Ana Cristina Cesar, que já compunham o programa de 2019. Entre as novidades do quadro de leitura também estão Júlia Lopes de Almeida (“A Falência”, na categoria romance) e Nelson Rodrigues (“A Cabra Vadia”, crônica). Ao todo 12 obras devem ser lidas para a prova. Segundo a Unicamp, elas expressam “diferentes gêneros e extensões, de autores das literaturas brasileira e portuguesa” e “possuem relevância estética, cultural e pedagógica para a formação dos estudantes do ensino médio”. Procurados pelo UOL, os Racionais comemoraram o reconhecimento. “‘Sobrevivendo no Inferno’ é um ótimo livro de história”, afirmou o DJ KL Jay.

CLÁSSICOS DO RAP

Lançado de forma independente em 1997, “Sobrevivendo no Inferno” é um dos discos mais emblemáticos do rap nacional. As letras, compostas por Mano Brown, Edi Rock e Ice Blue, retratam as vivências e anseios do jovem da periferia, passando por temas como a desigualdade social, a miséria, a fé e o racismo. “Diário de um Detento” (baseado nos escritos do preso Jocenir, ex-detento do presídio do Carandiru, que descreve o massacre de 1992), “Fórmula Mágica da Paz” e “Mágico de Oz” são os grandes sucessos do álbum, quinto e o mais vendido da carreira do grupo paulistano, com 1,5 milhão de cópias. Eleito o 14º melhor disco brasileiro pela revista “Rolling Stone”, “Sobrevivendo ao Inferno” foi escolhido em 2015 pela Prefeitura de São Paulo como presente para o papa Francisco.